Mostrando postagens com marcador Dia Internacional da Mulher. Mostrar todas as postagens
Mostrando postagens com marcador Dia Internacional da Mulher. Mostrar todas as postagens

quinta-feira, março 08, 2012

Via Vida: Eliana Calmon no Dia Internacional da Mulher

Ministra Eliana Calmon
A ministra Eliana Calmon, exercendo com firmeza, transparência e ética o mais alto posto da Justiça brasileira, é uma digna representante da mulher moderna. Esta foto, assim como as imagens abaixo, fiz esta manhã, através da televisão.

Esta década foi marcada, em todas as esferas da cúpula administrativa brasileira, por toda sorte de corrupção. Mas também ela ficará na história pela luta de nosso povo reivindicando e exigindo punição a todos os envolvidos nesses atos vergonhosos. Marchas e champanhas clamando por mais seriedade, por mais candidatos 'ficha limpa' e por mais ética nos órgãos públicos estão por toda parte, principalmente nas redes sociais.

A ministra Eliana Calmon, corregedora nacional de Justiça, enfrentou 'cobras e lagartos' com coragem e determinação, denunciando "bandidos vestidos de toga". O povo brasileiro, orgulhoso, apoiou e apoia sua corajosa luta. Parabéns, Ministra!

Hoje pela manhã, vendo o programa Mais Você, constatei mais uma vez o acerto de sua
apresentadora, entrevistando essa brava ministra. Parabéns a você também, Ana Maria Braga. Parabéns a todas as mulheres brasileiras, guerreiras como nossa digna ministra.

Eliana Calmon, hoje, no Dia Internacional da Mulher, durante uma entrevista dada à apresentadora Ana Maria Braga.  
-------------------

O poema abaixo, uma homenagem à ministra, tirei do blog rafimpoemas .

"A mulher Corajosa

Num corredor na pós-fronteira da terra
Que dava num mar de nuvens brancas, ondulantes
Moventes e intrigantes
Um mar sem margem sem litoral e sem horizonte
Um grupo de homens sentados
Nos degraus flutuantes de nuvens condensadas
Cobertos da poeira da espera
Para receber uma notícia esperançosa da terra
Apareceu um homem também assassinado
Sentou-se num degrau lado a lado
Contou que perante os olhos fechados da estátua da justiça
Jogaram todos os seus processos
Na lixeira de acervos da justiça
Alegando que o cupim do tempo
Destrói todos os carimbos de validade
O  homem recém chegado
Contou que ainda no mesmo dia
Foram montadas em frente das tocas na mata
Festas comemorando essa data
Rindo de vossas famílias
E de uma estátua de olhos vendados
Mas que com a chegada da primavera
Apareceu uma mulher corajosa
Digna do uniforme da justiça
Valeu-se da espada da estátua da justiça
defendendo os injustiçados desamparados
Disse contestando a impunidade
Que existe “infiltração de bandidos
escondidos atrás da toga”*
Evocando na mente esta idéia
Será que não chegou a época
De abandonar este conceito da antiga Roma
E desvendar os olhos da estátua da justiça
Para não escapar da frente de seus olhos
Nenhum infrator da justiça?
Os homens se levantaram
Sacudiram as poeiras da espera
Embarcaram nas ondas do mar de nuvens
Rumo
Ao Supremo
Tribunal
Divino" (In: http://rafimpoemas.blogspot.com)

---------------------------------------------

terça-feira, março 08, 2011

Via Mensagens: Mulher, Curvas em Pétalas

Curvas em pétalas...
'Mensagens' será o nome desta nova via. Foi escolhido hoje, 8 de março, no Dia Internacional da Mulher. É uma homenagem a todas nós, mulheres. Foi sugerido pela escritora portuguesa Graça Pereira, do blog Zambeziana. A ela, nosso muuuiiiiito obrigada. Participaram também, com sugestivos nomes, nossas amigas Estela, do blog Lua Branca e Dora, do blog Filha do Céu. A todas nossos agradecimentos por terem interagido com este blog.

Um Dia Internacional da Mulher mais consciente e feliz!

---------------------------