Mostrando postagens com marcador Divagações de viagens. Mostrar todas as postagens
Mostrando postagens com marcador Divagações de viagens. Mostrar todas as postagens

sexta-feira, março 01, 2013

Via Brasil: Divagações de Viagens


Foto tirada ao raiar do sol, em um Posto de Gasolina

Porque gosto de viajar pelo Brasil?

Pela amplitude de nossas terras, que nos dão a oportunidade de ver e de sentir a diversidade de lugares, de cores, de falares. De ver e de sentir a grandeza dos sonhos e esperanças de nossa gente, seja no nordeste ou no sul dessa imensa ‘Pátria Amada, Brasil’.

Gosto de viajar pelo Brasil porque é aqui que vivencio o cruzar de caminhos, de raças, de idéias e de ideais.

Gosto de rodar por este país. Rodando por suas estradas tão singulares e diversas, nos sentimos viajando num continente, onde cada região tem suas características próprias: aqui é uma praia com palmeiras que nos convida a divagações, aconchegados em uma deliciosa rede; ali são montes e montanhas recortados por caminhos que nos levam a sonhos; acolá são fazendas rústicas, porém bem cuidadas, que passam de pai para filho nos legando um exemplo de união e trabalho.

Rodar por suas estradas é encher nossos olhos e nossa imaginação: são paisagens lindas que desencadeiam amor, ternura, vontade de viver.


Gosto de viajar e de rodar pelo Brasil. É como se estivesse vendo um filme de belas e raras imagens, coloridas pela exuberante paisagem e pela beleza de nossa gente.

----------------

Notas: 1- Texto escrito em julho de 2007, ao me recordar de uma viagem a Porto Seguro, Bahia; 2- Reedição - Publicado neste blog em janeiro de 2008.


------------------------------------

terça-feira, maio 06, 2008

Via Postais: França


França - Da França tenho muitas e boas lembranças. Fiquei em Paris por três anos fazendo cursos de pós-graduação. Durante esse tempo viajei muito por suas regiões e nos países à sua volta. Tenho muito que contar de lá: pessoas, lugares, sabores... Mas, por enquanto vamos ficando com o 'deslumbramento' de uma viagem anterior, com a turma da Aliança Francesa. São as primeiras impressões escritas em um cartão postal enviado para minha mãe e minha irmã. Foi daquela primeira viagem (relatada em Viapostais 1). Era uma excursão da Aliança Francesa. Tínhamos passado uma semana em Marrocos e fomos passar o réveillon em Paris, onde ficamos por um mês, fazendo um curso de verão em língua francesa. Saímos do calor de dezembro do Brasil e aterrissamos em pleno inverno europeu. Que frio! Ainda deslumbrada com o que via, escrevi:
“Chegamos ontem às 13 h aqui em Paris. Somente hoje, depois do réveillon, é que pudemos descansar. O réveillon foi o máximo. Havia um restaurante reservado só para a nossa turma. Foi samba e carnaval depois da meia noite. Entre todos somos 90 pessoas de todos os estados do Brasil. (...) Hoje à tarde, eu e uma turminha, fomos andar ao redor do hotel para um reconhecimento, mas tivemos que voltar logo por causa do frio. A temperatura é de zero grau (...). É um hotel só para estudantes. Tem pessoas de todo o mundo...”

Ficamos por lá todo o mês de janeiro, com cursos de conversação pela manhã e passeios no início da tarde. Conhecemos o Louvre e muitos outros museus, assim como os principais pontos turísticos de Paris. Depois, já retornando ao Brasil, ainda passamos uma semana inteira em Londres. Excursões, turmas de jovens estudantes, momentos inesquecíveis, saudades...  



--------------------------------Postal do Foyer International D'Accueil de Paris, onde ficamos hospedados.
----------------------------------

segunda-feira, janeiro 28, 2008

Via Brasil: Divagações de Viagens

Foto tirada ao raiar do sol, em um Posto de Gasolina

Por que gosto de viajar pelo Brasil?

Pela amplitude de nossas terras, que nos dão a oportunidade de ver e de sentir a diversidade de lugares, de cores, de falares. De ver e de sentir a grandeza dos sonhos e esperanças de nossa gente, seja no Nordeste ou no Sul dessa imensa ‘Pátria Amada, Brasil’.

Gosto de viajar pelo Brasil porque é aqui que vivencio o cruzar de caminhos, de raças, de ideias e de ideais.

Gosto de rodar por este país. Rodando por suas estradas tão diversas e diferentes, nos sentimos viajando num continente, onde cada região tem suas características próprias: aqui é uma praia com palmeiras que nos convida a divagações, aconchegados em uma deliciosa rede; ali são montes e montanhas recortados por caminhos que nos levam a sonhos; acolá são fazendas rústicas, porém bem cuidadas, que passam de pai para filho nos legando um exemplo de união e trabalho.

Rodar por suas estradas é encher nossos olhos e nossa imaginação: são paisagens lindas que desencadeiam amor, ternura e vontade de viver.


Gosto de viajar e de rodar pelo Brasil. É como se estivesse vendo um filme de belas e raras imagens, coloridas pela exuberante paisagem e pela beleza de nossa gente.

(Texto escrito em julho de 2007, ao me recordar de uma viagem a Porto Seguro, Bahia)


---------------------------