Mostrando postagens com marcador Frutos da Terra. Mostrar todas as postagens
Mostrando postagens com marcador Frutos da Terra. Mostrar todas as postagens

quinta-feira, maio 27, 2021

Dia Nacional da Mata Atlântica



Hoje, 27 de maio, é um dia que deveríamos comemorar, com alegria, o Dia Nacional da Mata Atlântica. Mas, sabendo sobre a devastação que essa floresta atualmente sofre, não temos como não ficar tristes. Desmatamentos e queimadas são constantes. 

A Mata Atlântica está presente em 17 estados brasileiros e cobre 15% de nosso território. 

Frutas da Mata Atlântica 

Pequena, vermelha e adocicada: que fruta é essa?

Nosso país é rico em frutas desconhecidas por boa parte de nós. Apesar de serem frutas deliciosas, passam longe das feiras e dos supermercados. Acontece isso por vários fatores, mas podemos deduzir ser um deles por falta de vontade política de valorização do produto nacional. 

Em rápida pesquisa encontrei várias frutas típicas da Mata Atlântica. Veja alguns nomes:

Araçá, ameixa-do-mato, falsa-cereja, cambucá, cambuci, cambuí, guabiroba, gramixama, juçara, pitangatuba, uvaia. Algumas delas estão em risco de desaparecimento.

Em 2011 contamos sobre uma frutífera  plantada em nosso quintal, com certeza originária da Mata Atlântica. É a pequena fruta vermelha das fotos da imagem. Veja mais fotos, os quase duzentos comentários recebidos na postagem e diga se você já comeu ou viu uma frutinha assim:

https://www.luisanogueiraautora.com.br/2011/01/via-verde-pequena-vermelha-e-adocicada.html?m=0


—————

segunda-feira, março 29, 2021

Melão-de-são-caetano

 


Melão-de-são-caetano ou melãozinho. Você conhece? É comestível ou medicinal? Se você tem alguma informação, deixe aqui, nos comentários.

Sei que é uma trepadeira e seus melõezinhos são uma graça. As sementes são pegajosas,  envoltas em uma polpa que, de certa forma, ficam fixas no lugar onde caem. Deve ser um meio de proteção. Veja através das fotos que fiz hoje.

Há alguns anos ganhei uma muda que cresceu, mas desapareceu logo depois. O ano passado vi outra planta que crescia mais ou menos no mesmo lugar da mudinha anterior. Pelas folhas percebi que devia ser o melãozinho. Ela apareceu rente a um muro. Como é trepadeira, foi avançando com suas folhas miúdas e hoje encontrei seus frutos já maduros. 

Folhas do melão-de-são-caetano 

Melãozinho ainda verde

Este amadureceu e abriu (explodiu, como fazem algumas plantas para espalharem as sementes?) Duas sementes ficaram coladas no muro. 
 
Este está tão maduro que sua pele (crosta?) começa a abrir

Sementes do melão-de-são-caetano. Elas são envoltas por uma polpa vermelha pegajosa. Veja, esta ficou sem cair de meu dedo. 

Sementes do melão-de-são-caetano 

Então, vamos pesquisar juntos sobre esta charmosa plantinha? Deixe seu comentário, combinado?


sexta-feira, janeiro 17, 2014

Vias do Multivias: Comemorando Meio Milhão de Visualizações

Estamos em festa. Hoje, 17 de janeiro de 2014, este blog está comemorando 500 mil visualizações de páginas, de acordo com a estatística do Blogger. Vamos festejar com frutas cultivadas por nós mesmos, sem nenhum veneno em suas folhas ou em sua raízes. Quando usamos pulverizadores com esse ou aquele produto para "matar" pragas, estamos envenenando o ar que respiramos e, consequentemente, os seres que nele vivem. Há quem use esses produtos diretamente na terra, ao redor das plantas, passando, assim, químicos nocivos ao solo. Nos dois casos tem-se a contaminação do ar e do solo, atingindo também os lençóis freáticos, nossa reserva de água subterrânea. Os figos das fotos são bem naturais. Utilizamos em nosso pequeno pomar estercos e adubos, estes feitos em uma composteira que temos em um cantinho do quintal, com cascas de frutas, restos de verduras e folhas secas.

Veja as fotos abaixo. Ficou com água na boca? Não está na hora de plantar alguma frutífera? Comemore conosco incentivando práticas saudáveis de cultivo. Figos são bem-vindos em qualquer lugar.


Para você, com todo carinho!


Obrigada a você que por aqui passa. Obrigada pelo carinho e por compartilhar conosco esse ideal de vida por uma terra menos contaminada e muito melhor para se viver. Que Deus continue iluminando a todos nós! 

------------------------------------


quinta-feira, agosto 16, 2012

Via Viajando nos Sabores: Entradas e Sobremesas com Abacate




Dependendo da região, a época do abacate, em nosso país, vai de fevereiro a junho ou julho. Mas ainda pode ser visto em alguns lugares. Se sua cidade é privilegiada, tendo abacateiros com frutos em pleno mês de agosto, aproveite esses últimos abacates do ano. A não ser que você tenha congelado sua polpa, como