Mostrando postagens com marcador Flores do Brasil. Mostrar todas as postagens
Mostrando postagens com marcador Flores do Brasil. Mostrar todas as postagens

terça-feira, março 16, 2021

Bromélias


Você gosta de bromélia? Veja algumas de nosso álbum Bromélias. Fiz as fotos em Brasília, em 2009, para uma pesquisa com nossos amigos blogueiros, sobre essas plantas tão lindas quanto resistentes. Foram cinco postagens. Deixo aqui o link do último post, cujo título  foi: “Bromélias: inocentes ou culpadas? A pesquisa coletiva e sua conclusão”.

https://www.luisanogueiraautora.com.br/2009/11/via-verde-69-bromelias-inocentes-ou.html?m=1













Veja mais fotos através do marcador Bromélias.

segunda-feira, fevereiro 22, 2021

Fotomensagem com azaleia

 O dia começa segundo o seu olhar. 


As azaleias já enfeitam este blog há muitos anos. Essa da fotomensagem foi postada na página “Viver Sustentável e Natureza”,  do Facebook, em 2014. Fizemos a foto na Escola Fazendária de Brasília (Esaf), em um canteiro de azaleias em frente ao espelho d’água. Ela teve mais de 400 curtidas com inúmeros compartilhamentos. Quando a replicamos, através das recordações que o face traz, ela já estava com quase 2 mil visualizações. 

Muitas azaleias para todos nós!

quinta-feira, agosto 02, 2012

Via Verde: A Pendente Centradênia



Essa pendente de nome meio estranho - centradênia - e de folhas verdes arroxeadas não é muito comum, pelo menos por aqui, Planalto Central. Originária do México, pertence à família das apocináceas. As três fotos deste post fiz em

quinta-feira, julho 19, 2012

Via Natureza: Sábia Natureza: Flores Diferentes

A natureza é sempre sábia. Aprendemos mesmo observando as flores. Veja, por exemplo, a flor-canhota. Ela possui pétalas de um único lado, nos dizendo que as diferenças fazem parte da vida; a flor-de-maio desabrocha na ponta de suas folhas, nos ensinando que podemos chegar até nossos limites; a pequena mussaenda fica entre folhas-flores mais de dez vezes maiores do que ela para nos mostrar que a beleza está na simplicidade; a rosa-do-deserto que, como o nome diz, é originária de desertos, possui tronco e caules grossos para armazenamento de água, nos dando uma lição de sabedoria e a flor de um cacto  nos diz que é possível sobreviver com nobreza mesmo entre espinhos. Neste pequeno álbum em vídeo, que editamos especialmente para você que por aqui passa, podemos ver quinze diferentes flores. Diferenças em cores, formas e tamanhos. É a natureza. É a vida.

quarta-feira, abril 18, 2012

Via Verde: A Exótica Rosa-do-deserto





Rosa-do-deserto, adenium, lírio-impala (Adenium obesum). Família das apocináceas. É uma planta perene, de clima quente, por isto pede sol pleno e pouca água. Originária do extremo sul da África e Península Ibérica.* Por armazenar água em suas folhas, caule e tronco, é chamada de suculenta. Alás, seu tronco é bem volumoso, como podemos ver através destas fotos feitas dia 14, sábado passado. Para se formar troncos maiores e com muitas ramificações, os amantes dessa bela e exótica planta deixam algumas raízes expostas, que, à medida que crescem, engrossam e tornam-se parte do tronco. Pode-se conseguir mudas através de sementes e estaquia.

A rosa-do-deserto, em condições ideais, pode atingir mais de três metros de altura. Possui variadas cores em tonalidades que vão do branco ao vermelho e vinho. Só conseguimos achar estas duas variedades, que clicamos com carinho, para você, que por aqui passa.

 

-----------------

*"A península da Arábia, por exemplo, liga os continentes da África e da Ásia e é quase toda constituída por um deserto. Aliás, é através de uma outra península, a do Sinai, que a península Arábica faz ligação com o continente africano." (Leia mais sobre a Península Arábica em: http://www.infoescola.com/geografia/peninsula/).

---------------------------------------------

quarta-feira, março 28, 2012

Via Natureza: Escondidinhos - Ache a Abelha na Dália


Você é um bom observador? Na dália das fotos tem uma pequena abelha passeando entre suas pétalas. Observe a primeira foto e só depois veja as outras imagens que fizemos no início deste mês.






Veja sobre esta flor, que existe em variadas cores, neste blog, no post Dálias, de março de 2008, com fotos feitas naquela época.

---------------------------------

quinta-feira, março 01, 2012

Via Verde: Bastão-do-imperador porcelana


Bastão-do-imperador 'porcelana'.
Em setembro, indo à Central de Flores do Ceasa de Brasília para fazer fotos de orquídeas, uma vistosa flor chamou minha atenção. Era bastão-do-imperador na cor chamada porcelana. Achei linda. Quando dei por mim já a tinha clicado. Pena ter feito apenas uma foto. Fica aqui para você neste primeiro dia de março.

Bastão-do-imperador, gengibre-tocha, flor-da-redenção (Etlingera elatior). Família das zingiberáceas. Tem esse nome devido uma longa haste que sai direto do chão.

Ótimo início de março!

-------------------------------------

quarta-feira, janeiro 25, 2012

Via Natureza: Uma Hora no Jardim Botânico

Árvores e plantas diversas, borboletas, pássaros, outros pequenos animais e muito oxigênio. Em apenas uma hora de passeio em algum lugar arborizado nossos pulmões agradecem. Imagine-se então em uma reserva ecológica. Não, não só sonhe. Vá mesmo a algum parque.

Domingo passado, já no finalzinho da tarde, reunimos a família e fomos fazer caminhada no Jardim Botânico de Brasília. Chegamos mais ou menos às 15:45 h. O JBB fecha às 17 h; portanto, ficamos caminhando - em rítmo de passeio - apenas um pouco mais de uma hora. O suficiente para voltarmos totalmente revigorados.

Separei algumas fotos para nosso álbum de família e outras para tentar motivá-lo a também ir se revigorar. Veja, nas imagens abaixo, flores e árvores do Cerrado - o JBB é a maior reserva mundial em espécies do Cerrado, além de uma sequência de fotos mostrando o pulo de um macaquinho, entre outras amostras de nosso passeio.


Flores do Cerrado





Macaquinhos



O pulo do macaquinho 

Árvores do Cerrado






Anfiteatro ao ar livre





Com as chuvas de janeiro, a grama e o capim crescem mais rápido. 

Gostou? Pois saiba que é somente um pouquinho desse santuário onde ainda podemos ver paisagens naturais e ouvir o canto de pássaros. Então, motivado a passear em algum recanto verde? Vale qualquer lugar onde você possa ter um contato maior com a vida natural. Bom passeio.

------------------------------------

quinta-feira, dezembro 01, 2011

Via Verde: Série Orquídeas - 15: Arundina

A orquídea das fotos de hoje, a Arundina bambusiflora é a terceira orquídea de chão desta série sobre as espécies de orquídeas. É a popularmente conhecida orquídea bambu. Com ela encerramos a Série Orquídeas desta primavera. Pretendemos continuá-la... Ano que vem, talvez? 

Arundina bambusiflora ou orquídea bambu
Canteiro de orquídea bambu

Bom início de dezembro!

-----------------------------------

quarta-feira, outubro 26, 2011

Via Verde: Série Orquídeas - 14: Orquídeas de Chão - 2: Epidendrum

Com os nomes populares de epidendro, orquídea-estrela e orquídea-crucifixo, este grande gênero de orquidáceas de chão, o Epidendrum, possui mais de mil espécies. Suas cores são bem variadas. Veja algumas nas fotos abaixo.


Epidendrum - 1

Epidendrum - 2
Epidendrum - 4

Epidendrum - 3
----------------

Para o próximo post desta série, fizemos algumas fotos de uma outra orquídea de chão, a orquídea-bambu (Arundina bambusifolia).

------------------------------------

segunda-feira, outubro 17, 2011

Via Verde: Série Orquídeas - 13: Orquídeas de Chão - 1: Ludisia

A Ludisia é um gênero de espécie única, que é a Ludisia discolor, assim chamada pelas cores de suas folhas. Por ter apenas uma espécie, é a orquídea preciosa dos orquidófilos, chamada de orquídea-jóia. Suas flores são bem pequenas, porém suas folhas chamam nossa atenção por serem bem diferentes das folhas dos demais gêneros. Possum belos tons arroxeados. É uma orquídea de chão, ficando bem como forração, sendo assim bastante utilizada por paisagistas.

É a primeira orquídea de chão desta série. Já temos fotos das próximas a serem aqui mostradas, dos  gêneros Epidendro e Arundina.


Ludisia discolor 

Folhas da Ludisia discolor

----------------

Uma ótima semana!

----------------------------------

sexta-feira, outubro 14, 2011

Via Verde: Série Orquídeas - 12: Colmanara

A orquídea Colmanara (Colm), hoje rebatizada de Odontocidium Wildcat foi desenvolvida através do cruzamento destes três genêros: Miltonia x Odontoglossum x Oncidium. Entre as várias espécies, esta das fotos é uma das mais conhecidas por lembrar a pele de alguns animais. Seu cultivo não é dos mais difíceis, podendo ser cultivada até mesmo dentro de casa, segundo informações de orquidófilos.

Colmanara - 1
Colmanara - 2

-----------------
Até a próxima semana, se Deus quiser!
------------------------------------------------

segunda-feira, outubro 10, 2011

Via Verde: Série Orquídeas - 11: Laeliacattleya

As fotos de hoje são da bela e delicada Laeliacattleya (Lc.). É uma orquídea criada a partir dos gêneros Laelia x Cattleya. Mostramos hoje a Lc Mini purple "coerulia" (duas fotos) e a Lc Digger Orchidaid "Mandarim" (uma foto). Vejam:
Laeliacattleya Mini purple "coerulia" - 1
Lc. Mini purple "coerulia"
Lc. Digger Orchidaid "Mandarim"
-------------------

Quarta-feira, dia 12, comemorando o Dia das Crianças com: Fofuchos Cachorrinhos.

Sexta-feira, dia 14, continuação da Série Orquídeas.

------------------------------------------------