Mostrando postagens com marcador Aquecimento Global. Mostrar todas as postagens
Mostrando postagens com marcador Aquecimento Global. Mostrar todas as postagens

sábado, fevereiro 19, 2022

Mudanças Climáticas (3)

Informações salvam o planeta

Informações salvam

Este nosso encontro de sábado é para um bate-papo descontraído e, se possível, para uma troca de informações e de ideias, porque o conhecimento é um bem comum. Se eu pego um par de brincos e dou para alguém, fico sem eles. Mas se passo adiante um conhecimento, muitas pessoas irão se beneficiar dele e ele ainda permanecerá comigo. Estamos tentando mostrar dados recentes, deixando links dos assuntos discutidos e outros correlacionados, para que possamos andar dentro da ciência e não falar 'ao vento', de modo distante e sem referências. Para não corrermos o mesmo risco de cartilhas que diziam “A Eva comeu tâmaras”, ou “O Ivo viajou no espaço sideral”, sendo que a pobre Eva nunca comeu nem viu sequer uma só tâmara e o Ivo nunca viajará em espaçonaves. Realizações tão distantes quanto a refeição servida pela cegonha para a raposa, na fábula de Esopo.(1) Logo, não vamos economizar informações complementares.


Informações levam à cidadania. Aprender a ler é aprender desvendar seu próprio universo. É um caminho e ele passa pela alfabetização. Ser alfabetizado é descobrir as letrinhas e seus códigos. Aprender a ler é ler além do alfabeto. Aprendemos a ler lendo para aprender. 


Para que haja uma conversa mais dinâmica, vamos pular o “o que é” , que pode ser visto, lido e estudado por todos de modo fácil, e passar às causas. É preciso, mais do que nunca, tentar compreender as causas do aquecimento global para entender as rápidas mudanças climáticas.   


Causas das mudanças climáticas 


Seria cansativo repetir o que geralmente aprendemos ao longo da vida, principalmente nas salas de aula. Logo, deixo links sobre a composição da atmosfera e como agem nela os gazes*(1); o carbono(2); sobre muitas outras coisas essenciais, mas que você pode ler em sites especializados. Você pode até se recordar daquela aula de biologia do processo de digestão dos ruminantes. Você se lembra que era uma algazarra quando o professor ensinava sobre “fermentação entérica” e a turma da risadinha gritava os nomes populares de “pum”? Pois é, vou deixar o link de um vídeo com essa aula.(3) E por falar em gado, você sabia que no Brasil, de acordo com dados do IBGE,(4) há mais gado do que gente? (sem trocadilho, por favor). 


Os caminhos da natureza 


A natureza faz e segue caminhos saudáveis. Ela nos dá plantas para alimentar, cicatrizar e manter sadio nosso corpo; água de fontes, rios e cachoeiras; sol e chuva e tudo que o ser humano precisa para uma vida tranquila e saudável. 


Como escutar, entender e seguir o que a mãe Terra nos ensina? Observando e colhendo seus ensinamentos. Ela testou tudo que nela existe, deixando para trás o que não lhe faz bem. Abraçou e abraça, amparando, os seres solidários, os amantes da liberdade com respeito, aqueles que tiram dela somente o essencial para uma vida plena e feliz, sem desperdícios nem ganâncias. 


A Terra abraça a alegria dos  inocentes e rejeita a maldade dos egoístas e gananciosos. 


Um vírus mortal


Diante dessa realidade, não podemos deixar de questionar: Por que neste século um vírus altamente mortal, atacou o mundo todo, selecionando para alvo principal os seres vivos chamados “humanos”?* 

 

Tragédia ambiental 


Voltando às causas, vamos olhar um exemplo concreto e bem perto de nós? Que tal falar sobre a tragédia AMBIENTAL de Petrópolis? Não, não vou repetir o que a mídia já disse sobre a irresponsabilidade das administrações passadas e presente da cidade e do estado. Não quero repetir o que vem sendo dito, com toda razão, sobre a grave tragédia SOCIAL e HUMANITÁRIA de Petrópolis. Quero falar dos efeitos ao longo dos séculos. 


Como era o lugar onde hoje é Petrópolis? 

No próximo post, em um novo bloco, continuamos para dar uma espiadinha no túnel do tempo de Petrópolis.  




——-

(1)"A Raposa e a Cegonha | Fabula | Desenho animado infantil com os Amiguinhos"

https://www.youtube.com/watch?v=gNnb0pMEc6s


(2) a"Gases do efeito estufa: Dióxido de Carbono (CO2) e Metano (CH4)Saiba mais sobre os dois mais proeminentes "vilões" do aquecimento global.": https://oeco.org.br/dicionario-ambiental/28261-gases-do-efeito-estufa-dioxido-de-carbono-co2-e-metano-ch4/


b- "Países implementam novo mecanismo para redução dos gases de efeito de estufa": https://news.un.org/pt/story/2019/01/1654052



(2  "Altos níveis de água nas zonas úmidas impedem que grandes quantidades de oxigênio atinjam o solo das zonas úmidas, onde permitiria que as bactérias aeróbicas decomponham a matéria orgânica." Link:

https://asknature.org/strategy/habitat-stores-carbon/


(3)a- 

"O que acontece com o planeta quando as vacas soltam pum?"


b- "Entenda o impacto da criação de gado sobre o meio ambiente"

https://www.youtube.com/watch?v=FqSasnpaokc


(4)a- "População residente estimada (2021): 213.317.639 pessoas"


https://www.ibge.gov.br/busca.html?searchword=popula%C3%A7%C3%A3o+do+Brasil


b- Gado: "Em 2020, o rebanho bovino nacional cresceu 1,5%, chegando a 218,2 milhões de cabeças, o maior efetivo desde 2016"

https://www.canalrural.com.br/noticias/rebanho-bovino-brasil-ibge/



------------


Acompanhe este blog e nossas redes sociais.


Instagram: @luisanogueiraautora

Para acessar minha página no Instagram, aponte a câmera de seu celular para a tag de nome abaixo:



















Facebook: Luísa Nogueira 


Pinterest: Luísa Nogueira 


#naturezaemfotosluisan 


-----------


Este blog foi criado com vias direcionadas ao meio ambiente (natureza, sustentabilidade, vida) e desde sua criação citamos e falamos sobre livros. Confira e navegue entre os posts das principais vias:



--------

 

Confira também a página Livros de Luísa Nogueira

——-








terça-feira, fevereiro 14, 2012

Via Artesanato: Customizando uma Regata com Crochê




Em tempos de aquecimento global, a redução de compras e mais compras é fundamental para a diminuição dos lixões - causadores de gases prejudiciais ao meio ambiente. Há pessoas que se acostumaram a 'passear' em shoppings, saindo sempre com sacolas cheias de roupas, muitas delas sem a menor necessidade. Vamos repensar nossos hábitos de consumo?

Quer uma roupa nova? Que tal uma nova roupa, com criatividade, além de uma boa economia? Sabe aquela blusa, calça ou vestido que você não usa há tempos? Ou aquela regata que você ama mas manchou? Foi o que me aconteceu. Uma de minhas regatas favoritas - e beeeeemmm velha, pra dizer a verdade, manchou (acho que com água sanitária). Como esconder a mancha? Pensei em colocar algo por cima, como por exemplo, um tecido combinando com sua cor preta. Mas, fui além, utilizando crochê. Veja o resultado e as etapas através das fotos da colagem.

As fotos 1 e 2 mostram a frente da regata pronta e a aplicação de uma tira em volta do decote, formando uma gravatinha. Na foto 3 vemos as costas, onde foi aplicada uma 'rede' de crochê, escondendo a mancha. Ela foi feita em ponto corrente - aquele ponto básico e mais fácil do crochê. A imagem 4 mostra a regata antes de ser customizada, com a mancha aparecendo do lado direito, perto da barra. Recuperei minha regata, ganhando uma nova, criada por mim mesma e sem gastar. Agora é a sua vez.

----------------

Post por mim publicado em janeiro passado no anexo deste blog (Natureza e Viver Sustentável -Galeria do Multivias 2).

------------------------------------------

terça-feira, maio 13, 2008

Via Natureza: Torres e Antenas










A paisagem de nossas cidades e de nossas estradas está mudando. Ou melhor, mudou. Há torres por todos os lugares. No meio de uma bela paisagem, dessas de paraíso, com diversos tons de verde, o que aparece, surgindo do nada? Do nada? Não, não, surgido do dinheiro das vendas de milhões de celulares. As empresas se multiplicam na mesma proporção das aparelhinhos. Todo mundo tem um. Há até aqueles que fazem coleção. E o que dizer dos "chips"?

Como gostaria que os dados das pesquisas sobre aquecimento global fossem mais divulgados. E como as torres e as anteninhas dos celulares contribuem para isso.

Empresas e consumidores, vamos pensar mais na perpetuação da vida do planeta Terra? Se nosso planeta adoece, adoecemos juntos.

Não ao consumo exagerado. Não à poluição do meio ambiente. A vida em primeiro lugar. S.O.S. ao bom senso! A vida do planeta pede socorro. Help! Help!

--------------------------------------------------------