Mostrando postagens com marcador Frutos do Cerrado. Mostrar todas as postagens
Mostrando postagens com marcador Frutos do Cerrado. Mostrar todas as postagens

sexta-feira, março 04, 2011

Via Viajando nos Sabores: Pequi em Lascas

Você pode tirar as lascas da polpa do pequi...

...Com uma faca, corte em volta do caroço do pequi, assim, tirando lascas... 

...Ou compre já prontinho, em conserva. Esses pequis em lascas compramos em Abadiânia, uma pequena cidade perto de Anápolis - GO.

Prefiro as lascas feitas na hora, com os pequis fresquinhos. Ganham em sabor. Com elas podemos fazer vários pratos. Para quem não conhece bem o pequi e tem medo de comê-lo por causa dos espinhos, a solução é comer o pequi em lascas, inclusive no famoso arroz com pequi.  

Na próxima sexta-feira, na Via Viajando nos Sabores, daremos algumas receitas com pequi em lascas. Entre elas: 'Arroz com frango, pequi e urucum' e 'Couve com pequi e yogurt'.

Amanhã: Foto de um cacho de urucum. Até lá!

-------------

Nota: Veja mais postagens com pequi clicando logo abaixo no marcador Pequi.

--------------------------

quarta-feira, março 02, 2011

Via Verde: Coquinhos da Palmeira Macaúba





Em outubro de 2009 publicamos o post Macaúba, uma Palmeira em Extinção?, falando sobre a Palmeira Macaúba, nosso meio ambiente em degradação e o aquecimento global. Mostramos fotos da palmeira em diferentes épocas e modos - florida, com frutos, enfeitando avenidas e outras, em lotes cercados, esperando o tempo da edificação de mais uma construção para serem cortadas e desaparecerem. Hoje deixo fotos de alguns coquinhos da macaúba. Eles estavam caídos debaixo de uma palmeira naquele lote cercado. 

Esses frutinhos me remeteram ao meu tempo de criança em uma pequena cidade de Goiás, Pedro Afonso, hoje pertencente ao Estado do Tocantins. Não nasci nessa cidade, mas passamos alguns bons anos por lá, entre meus dois e nove anos. Ela é ladeada por dois grandes rios - de um lado o Rio Tocantins e do outro lado o Rio do Sono. Cercada por rios e matas, aprendi a amar a natureza. Ainda guardo a lembrança dos passeios no mato, de manhãs em praias de areia branca e finíssima; das brincadeiras no Rio Tocantins, com meus irmãos e crianças vizinhas e sempre acompanhados pela Morena, uma moça que morava conosco. Cedo, brincando aprendi a nadar... Ainda guardo também o gostinho das macaúbas, dos pequis, dos cajus e das mais variadas mangas - manga rosa, manga espada, manga comum, manga coquinho...    

Deixo as fotos dessas macaúbas para matar a saudade de alguns e fazer com que outros possam também conhecê-las.

---------------------------    

segunda-feira, fevereiro 07, 2011

Via Verde: Jambo, Uma Frutinha da Cor do Brasil

Os jambos aparecem aos montes...
...coladinhos nos galhos do jambeiro.

Jambos caídos debaixo de um pé de jambo.
Jambo

Jambo cortado ao meio
Cortamos em três, para melhor mostrar a polpa.

Um jambeiro

Jambo, jambeiro.  Podemos degustar o jambo-rosa (Syzygium jambolana), o jambo-branco (Syzygium jambos) e o mais apreciado, o jambo-vermelho (Syzygium malaccensis). Pertencem à família das mirtáceas, a mesma família da goiaba, da pitanga, da jabuticaba e tantas outras frutas brasileiras. As mirtáceas (Myrtaceae) têm como uma de suas principais características a produção de óleos essenciais aromáticos, sendo o eucalipto a planta mais conhecida desse gênero.  

O jambeiro da foto está na calçada de uma casa perto de nossa rua.

Pesquisando sobre as mirtáceas, soube que em Portugal há uma pequena fruta bastante apreciada, com flores cheirosas, conhecida como murta ou mirto (Myrtus communis), também pertencente a esta família. Foi aí que me lembrei das deliciosas myrtilles que conheci na França. Existe até uma famosa geleia de myrtille, por sinal muito gostosa. Se a portuguesa for a mesma francesa, deve ser mesmo uma gostosura. 

O post da semana passada foi sobre uma frutinha que queremos muito saber seu nome. Adquirimos a muda como se fosse jambo. Estamos tentando descobrir. Se você puder nos ajudar, por favor, veja as fotos e entre em contato conosco através dos comentários. Obrigada e uma ótima semana!

---------------------------  

quarta-feira, maio 05, 2010

Via Verde: Amora-do-mato - 1




Amora-do-mato, amora-preta, moranguinho (Rubus rosaefolius). Família das rosáceas. Arbusto espinhoso, pode atingir até 2 metros. O cacho de amoras da foto ainda não está bom para consumo. Quando maduros, os frutos ficam de cor preta. Fico devendo mais fotos; o que posso adiantar é que são deliciosos!

---------------------------

segunda-feira, dezembro 14, 2009

Via Verde: Boas Festas com Carambolas e Romãs


Sorte de quem tem por perto pés de carambolas e de romãs. É nesta época de festas de fim de ano, em pleno verão brasileiro, que eles florescem e frutificam. Enfeitados e coloridos com suas flores e frutos, festejam o Natal e o Ano Novo.




Romãzeira - Suas folhas e flores por si só já fazem a festa: vão do verde claro ao verde escuro, passando por tons mesclados de rosa, amarelo e laranja. No meio das flores aparecem pequenas bolas verdes, com cabinhos pendurados. Verdadeiros sinos de Natal!
A romãzeira compartilha conosco sua beleza e seus frutos não apenas no Natal. Seus grãos, brilhantes como jóias preciosas, estão presentes na ceia de réveillon. Sim, eles nos remetem a alegres brincadeiras - por muitos levadas a sério: São guardados em carteiras, deixados sob os pratos e por aí vai ... E, dizem, é um sinal de boa sorte para o ano que começa.












Caramboleira - Quer um Natal bem brasileiro? Use a imaginação, enfeitando sua ceia com estrelas de carambolas. E se delicie com seu suco. Sua decoração ganhará em charme, delicadeza, colorido e originalidade. O paladar e a saúde de sua família e de seus convidados agradecerão.




Com estrelas de carambolas e jóias de romãs, fizemos, especialmente para você, este Cartão de Natal. Numa bandeja transparente o colocamos primeiro em uma mesa, sobre uma toalha branca e depois, como mostra a foto abaixo, velejando em águas azuis.


Boas Festas!
..
---------------------------

segunda-feira, abril 20, 2009

Via Verde: Maracujá


Maracujá




















Maracujá (Passiflora). Família das passifloráceas. Da flor-da-paixão nasce o maracujá; bem docinho - o maracujá-doce, ou azedinho -sendo, dentre estes, o maracujá-roxo um dos mais comuns. 
Hoje mostramos, nessa sequência de fotos, do botão ao fruto. Em um de nossos próximos posts daremos algumas receitas com maracujá.
...
---------------------

terça-feira, março 31, 2009

Via Verde: Amoras de meu quintal

Amoras de Meu Quintal


Hoje não vou falar sobre a amoreira. Vou apenas mostrar alguém - minha filha - se deliciando com uma vasilha cheia de amoras. Ela colheu essas amoras em nosso quintal. Vejam e fiquem com água na boca:








-------------------------

segunda-feira, dezembro 15, 2008

Via Verde: Figos


Figos











Todos nós podemos ter plantas em casa. Mesmo morando em apartamento, podemos cultivá-las em uma jardineira ou em vasos. Basta apenas querer. As plantinhas estão por aí, implorando para que cuidemos delas.

A figueira da foto acompanha nossas festas de natal há alguns anos. Às vezes são poucos os figos que ela nos traz, mas não faltam, sempre estão lá, no mês de dezembro.

Este ano ela caprichou: se encheu de frutos verdes e maduros. Obrigada, figueira! Obrigada árvores, pela alegria de seu verde, de sua sombra e de seus frutos.




Um ótimo dia!
....
------------------------
....
*Meio Ambiente - Dicas: Nunca use agrotóxicos. Seus componentes químicos, tóxicos, contaminam o ar que respiramos; ficam também nas folhas, raízes, frutas e grãos que comemos. Fique esperto. Ajude a natureza a se recompor.

----------------------------

segunda-feira, dezembro 01, 2008

Via Verde: Pitangas

Pitangas




Há um mês e meio, dia 6 de outubro, postamos no Via Verde fotos de uma pitangueira florida com o título "Uma Pitangueira Explodindo em Flores". Retornamos hoje com a mesma pitangueira já com seus vermelhos e deliciosos frutos. Veja as fotos e corra atrás de algumas para se deliciar, enquanto... é tempo de pitanga!






No dia 6 de outubro elas estavam assim:









Estas três últimas fotos, da pitangueira florida, vieram acompanhadas do seguinte comentário:

Simplesmente não resisti ao ver meu pé de pitanga todo florido e... sonoro. Suas flores brancas estavam cobertas de um vai-e-vem de abelhas; não sabiam onde pousar; pareciam querer provar o néctar de cada flor. O zum-zum que faziam era irresistível, chamativo! Tive que pegar minha pequena câmera para tirar algumas fotos.
....
Alguma colmeia aqui por perto vai ter um delicioso mel com gostinho de pitanga.

-----------------------

segunda-feira, novembro 10, 2008

Via Verde: Tempo de Caju

Tempo de Caju









Vou tentar não usar adjetivos; pelo menos não tantos, porque é quase impossível não usá-los diante da transformação de um cajueiro prestes a nos dar, gratuitamente, seus frutos tão... imaginem o que iria dizer. Eu disse 'transformação'? Engano, são muitas transformações. Vamos acompanhá-lo - o cajueiro e suas mudanças?

Primeiro, aparecem os botões...

...que se abrem em flores, no início brancas,

alguns dias depois em bouquets avermelhados, com as pontas pintadas de pequenos pontos cor vinho...

Mais alguns dias e já podemos ver as castanhas, ainda verdes, com hastes redondas ou, como as da foto, compridas...

... e os cajuzinhos verdes, rosas, amarelos ou vermelhos se multiplicam...


enchendo os olhos de todos que os veem...

...loucos para abocalhar pelos menos um...

Ou para bicá-los! E depois, com aquele doce gostinho descendo goela abaixo, descansar em seus galhos cheios do vigor de dias de sol e da poesia de noites de luar.


++++++++++++++++

Curiosidade: A verdadeira fruta do cajueiro é, na verdade, a castanha. A parte que chamamos 'caju' constitue um pseudofruto ou pendúculo floral.

+++++++++++++++++

O caju vem do cajueiro ou 'pé de caju'. É uma fruta tipicamente brasileira, geralmente da região litorânea; é muito cultivado no Nordeste do Brasil, cuja colheita se faz de agosto a janeiro. Rico em vitamina C, pode ser consumido em sucos, doces, sorvetes, passas, licores ou ao natural. No livro Guia Completo de Nutrição, pode-se ler: "... ajuda a fortaleceer o sistema imunológico, retarda o envelhecimento, reduz o risco de doenças, como câncer e infarto, e ainda tem poder de fogo contra bactérias oportunistas. (...) Seus altos índices de vitamina C sempre lhe conferiram o título de aliado contra gripes e resfriados. Se fosse só isso já estaria muito bom. Ocorre que o cajú afasta outros males, pois tem efeito protetor sobre as células do sistema imunológico. Isso porque o selênio e os compostos fenólicos da fruta são capazes de capturar os famigerados radicais livres, que prejudicam as ações de defesa do organismo"*

-------------------------

*Guia Completo de Nutrição - Saúde é Vital, Editora Abril, São Paulo, 2005, p. 122.

--------------------------