Mostrando postagens com marcador Pequi. Mostrar todas as postagens
Mostrando postagens com marcador Pequi. Mostrar todas as postagens

domingo, março 07, 2021

Pequi




 Pequi. Arroz com pequi fez parte de nosso almoço de hoje. Por volta de onze horas tivemos a grata surpresa de receber de uns amigos, pequis ainda na casca, colhidos hoje. Fiz o tradicional prato goiano, porém sem açafrão. Prefiro o cor natural do pequi. Aliás, o arroz também fica amarelo-dourado. Portanto, para quem gosta de corantes, acho desnecessários para esse prato.
Imagem: as fotos laterais são de hoje. A foto do meio é de nosso blog Multivias - eu tirando lascas de um pequi cru.

Nota: Post de minhas redes sociais de um domingo de janeiro de 2018.
#pequi #arrozcompequi #alimentacaosaudavel #alimentaçãosaudável #pratosnaturais #comidaboa #comersaudavel #almoço #frutosdegoias #frutosdobrasil #bonjour #instagrammers #instagood #naturezaemfotos🌿 #naturezaemfotosluisan

Veja mais fotos e minhas aventuras culinárias com pequi nos marcador “Receitas com Pequi”. Para postagens sobre o pequi, clique no marcador abaixo “Pequi”.

sábado, janeiro 11, 2014

Via Natureza: Céu, Paisagens e Formas do Cerrado

Fizemos essas fotos em novembro de 2012, postando-as no blog Natureza e Viver Sustentável. Hoje, durante uma caminhada, vi  e colhi muitos pequis, fazendo um delicioso arroz com pequi, um dos pratos típicos goianos. Qual a relação do pequi com esse post? É que na última foto, a da colagem, há a imagem de um bonito cacho de pequis. Vamos conferir o céu, as paisagens e as formas do cerrado?

Céu do Cerrado
O sol do céu do cerrado deixa tudo muito claro e azul. No amanhecer ou no pôr do sol os tons de azul, amarelo e vermelho se mesclam e tudo fica parecendo um quadro de tons encantadores. Talvez por essa claridade os meses secos ficam com pouca umidade, favorecendo as queimadas que acontecem em agosto e setembro. Muitas árvores não resistem e secam, sendo isso bem mais frequente nos últimos anos.

As fotos deste post foram feitas em Brasília e em seus arredores. A do por do sol e a do entardecer da colagem abaixo fiz na BR que liga Goiânia a Brasília.

Amanhecer, por do sol e um entardecer com sol e chuva














----------------

Quer ver mais fotos de pequi? Os frutos com e sem casca? Como fazer pequi em lascas? Receitas com pequi? Confira, neste mesmo blog, através dos marcadores "Pequi" e "É tempo de..."  logo aqui embaixo.  

-------------------------------------------

segunda-feira, janeiro 02, 2012

Via Versos: Vida que se Renova


Mosaico com fotos que fizemos em 2011.* (Árvores do Cerrado, aves e flores).

Passos passados
Renovados
E sempre recriados
No transformar da vida

Vida que se recria
Vida que se renova
Vidas que se fundem
Em uma só vida

Asas douradas
Que passam e que voam
Além das nuvens
Além dos mares

Asas douradas
Que passam e que voam
Além de mim
Além de nós

----------------

Que 2012 seja renovado e recriado, unindo vidas no ideal maior em torno da Vida. Um Ano Novo com Paz, Saúde, Amor, União, Compreensão e Conscientização para com os problemas que envolvem nosso meio ambiente.

-----------------

*Mosaico de imagens com o qual inauguramos a Via Galeria do Multivias 2, feita especialmente para você. Mosaico feito em 2011.

 Fotos: Árvores do cerrado (Pata-de-vaca, guapuruvu, barbatimão e pequizeiro), aves (papagaio e marreco), sol (foto feita dia 30 de setembro durante um fenômeno natural raríssimo chamado Halo Solar), e flores diversas, entre as quais algumas orquídeas.

----------------------------------

quinta-feira, outubro 06, 2011

Via Natureza: O Último Pé de Pequi

Foi em 1996 que conheci um condomínio nos arredores de Brasília, ou seja, há exatos quinze anos. Poucos lotes tinham alguma construção, apesar de já ter sido realizado tudo que havia sido planejado: ruas e avenidas largas com uma boa infra-estrutura, áreas verdes de acordo com as leis de proteção ambiental e proteção das nascentes ali existentes. Pensei: - "Um pedacinho do paraíso, ainda com seu bioma quase totalmente preservado". Nos lotes, mesmo demarcados, não havia cercas e a flora de um cerrado ainda virgem era abundante. Nos poucos lotes habitados, seus moradores conservavam algumas dessas plantas e plantavam outras, geralmente frutíferas. Talvez por terem sido os primeiros e, com certeza, serem pessoas que amavam e valorizavam o verde. Em relação às plantas, havia um pouco de tudo: ipês - amarelo, branco, roxo e rosa, caju do cerrado, barbatimão, lobeira, macaúba, quaresmeira e pequi, só citando algumas.  Era realmente um pedacinho do paraíso.

Pouco a pouco (Pouco a pouco?) as plantas foram desaparecendo, dando lugar a casas e mais casas. E, pior, com moradores bem diferentes dos primeiros: Constroem casas enormes, não respeitam as árvores nativas, arrancando-as e, quando deixam algum pequeno espaço - os lotes são de 800 a 1000 m² - plantam plantas 'da moda'. Planejados ou não por paisagistas, esses jardins são de arrepiar os cabelos, com plantas totalmente fora do contexto climático ou fora de seu habitat. Para eles, plantas nativas são consideradas 'mato' e como tal devem ser 'arrancadas'.

Dias atrás, dando uma volta pelo local e querendo fazer algumas fotos de pés de pequi, vi que não havia mais pequizeiros, até mesmo nos lugares onde antes podíamos ver dois ou três pés juntos. Andei por todo o condomínio e finalmente encontrei um pequizeiro espremido entre uma cerca e uma rua. Era o último pé-de-pequi daquele local.

Você se lembra como era seu bairro, sua comunidade rural ou urbana há mais ou menos dez ou quinze anos? Que árvores - ou plantas de um modo geral, desapareceram? O que está sendo feito para a não destruição das que restam?

Agora, 'as perguntas que não querem calar' que, aliás, estão sempre passeando por este blog : O que o Ministério do Meio Ambiente faz para orientar a população sobre a importância da flora nativa? Como conciliar habitação e preservação do meio ambiente? Como não destruir plantas nativas nos locais onde construimos? Onde estão as mudas para replante e como os órgãos competentes fazem para divulgá-las? Como não deixar mais plantas na lista de extinção? Onde estão as pesquisas que poderão nos orientar?

Precisamos com urgência de orientações e respostas.


O último pequizeiro - Foto feita em abril deste ano.

O mesmo pé de pequi em foto desta semana.

Parece que o bom pequizeiro está em perigo; vejam a terra revolvida para alguma  'obra'.

As últimas flores deste ano e pequenos frutos.

Galhos com folhas e frutos.

Flores caídas do pequizeiro.

Neste mês, na maioria dos pés de pequi, as flores já estão dando lugar aos pequenos frutos.  

O vídeo  abaixo é de uma música que homenageia os pés de pequi e demais árvores do cerrado. Foi feita pelo Professor Vivaldo e seus alunos de Taxonomia Vegetal, no Parque Estadual do Rio Preto. Nossa reverência a esse grupo. Muitos e muitos aplausus a todos eles, professor e alunos. Como diria Vinícius de Moraes, "Saravá", turminha do bem.

http://www.youtube.com/watch?v=P5APFx1Gr_E&feature=colike

-----------

Segunda-feira, continuação da Série Orquídeas, com a delicada Laeliacattleya.

Quarta-feira, dia 12, comemorando o Dia das Crianças com cachorrinhos muito fofos.

--------------------------

quinta-feira, março 10, 2011

Via Viajando nos Sabores: Receitas com Pequi

Arroz com frango, pequi e urucum

Dourar o frango no óleo com urucum...

Acrescentar o pequi em lascas...

...e o arroz...

Sexta-feira passada mostramos o pequi em lascas. Hoje postamos três receitas com ele: Arroz com frango, Pequi e urucum, Couve com pequi e Iogurte e Farofinha de couve com pequi

Geralmente conhecemos apenas o delicioso Arroz com pequi, tradicional prato goiano. Como dissemos no post sobre o pequi em lascas, quem não conhece pequi tem um certo receio de comê-lo por causa dos espinhos. A solução é utilizar o pequi em lascas. Veja como fazê-lo em Pequi em lascas.  


Arroz com frango, pequi e urucum

  • Mais ou menos duas xícaras de frango temperado com cebola, alho, orégano e sal a gosto, cozido e cortado em pequenos pedaços. Pode ser qualquer parte do frango; eu usei desses com corte tipo sassami. Piquei-os em pedaços menores.  



  • Uma cebola grande bem picada.
  • Dois dentes de alho picados.
  • Mais ou menos duas xícaras de pequi em lascas, cozido em água e sal. Utilizei as lascas inteiras, mas você pode cortá-las em pedacinhos.




  • Uma xícara de arroz lavado e escorrido.  
  • Meia xícara de azeite de oliva extra virgem ou do óleo de sua preferência, já preparado com o urucum. (Veja como fazer em Óleo com urucum)
  • Duas xícaras de água quente ou morna.
  • Cheiro-verde, salsa e sal a gosto.
  • Pimenta a gosto (opcional). 


  • Dourar o frango, a cebola e o alho no óleo com urucum, em uma panela grande. Acrescentar o pequi e o arroz, mexendo um pouco. Despejar a água quente e colocar os demais ingredientes. Cozinhar em fogo alto. Se necessário, acrescentar um pouco mais de água quente. Quando o arroz estiver cozido e sequinho, abaixar o fogo - o fogo deve ficar realmente bem baixo, quase apagando - e deixar mais alguns minutos.  Servir acompanhado de uma boa saladinha de alface.  

    
    Óleo com urucum

    Couve com Pequi e Iogurte

    • Meio maço de couve bem picadinha, refogada com uma cebola grande picada, salsa, cebolinha e sal.
    • Uma xícara de pequi em lascas cozido e picado em pedaços menores.
    • Uma xácara de iogurte temperado com óleo de oliva extra virgem e uma pitada de sal.

    Misturar a couve e o pequi. Servir com o molho de iogurte.

    Nota: Esta é uma invenção minha. Nem sempre minhas 'criações na cozinha' dão certo, mas esta foi aprovada. Tive essa ideia a partir da receita dada a seguir. A  'farofinha de couve com pequi ' é muito usada na casa da Iranilda, uma amiga. Como aqui em casa colocamos iogurte em tudo, resolvi testar com o pequi. E não é que deu certo? Pode experimentar, você vai gostar.


    Farofinha de Couve com Pequi

    A mesma medida da couve e do pequi da receita acima. Refogar em uma frigideira com o óleo de sua preferência, acrescentar farinha de mandioca, cheiro-verde, salsa e sal a gosto. Caso queira, acrescente pimenta-do-reino e/ou pimenta-de-cheiro.

    Bom apetite!

    -----------

    Confira outras postagens com pequi, neste blog, clicando no marcador Pequi logo aqui embaixo.

    --------------------------- 

    sexta-feira, março 04, 2011

    Via Viajando nos Sabores: Pequi em Lascas

    Você pode tirar as lascas da polpa do pequi...

    ...Com uma faca, corte em volta do caroço do pequi, assim, tirando lascas... 

    ...Ou compre já prontinho, em conserva. Esses pequis em lascas compramos em Abadiânia, uma pequena cidade perto de Anápolis - GO.

    Prefiro as lascas feitas na hora, com os pequis fresquinhos. Ganham em sabor. Com elas podemos fazer vários pratos. Para quem não conhece bem o pequi e tem medo de comê-lo por causa dos espinhos, a solução é comer o pequi em lascas, inclusive no famoso arroz com pequi.  

    Na próxima sexta-feira, na Via Viajando nos Sabores, daremos algumas receitas com pequi em lascas. Entre elas: 'Arroz com frango, pequi e urucum' e 'Couve com pequi e yogurt'.

    Amanhã: Foto de um cacho de urucum. Até lá!

    -------------

    Nota: Veja mais postagens com pequi clicando logo abaixo no marcador Pequi.

    --------------------------

    segunda-feira, novembro 15, 2010

    Via Natureza: É tempo de...

    Manga - Estas são de meu quintal!
    Mangueira carregada de manguitas.
    Pequi - Pequis com um, dois e três caroços.

    Com estes fiz um delicioso arroz com pequi.

    Jaca - Fiz esta foto quando estava embaixo dessa jaqueira...

    Jacas amadurecendo...

    Caju - Esta foto é do início de outubro. Portanto, os cajus já devem estar maduros .

    Pequenos cajus do cerrado.

    Não é tempo somente de manga, pequi, jaca e caju. Nesta época do ano temos também abacate, abacaxi, acerola, banana nanica e banana prata, caqui, goiaba, jenipapo, maçã nacional, mamão, melão, pitanga, tangerina, uva e muitas outras delícias.
    Os frutos da terra, ou seja, de cada região, embelezam a paisagem de onde estão e dão mais sabor à nossa vida. Consumindo frutos regionais e respeitando a época de produtividade de cada um deles, evitamos os agrotóxicos; pelo menos evitamos o consumo de excesso de fertilizantes e outros elementos nocivos ao meio ambiente e à nossa própria saúde. Mais: Economizamos combustível para transportes de uma a outra cidade ou região, contribuindo também para desafogar as rodovias. E os empregos, você deve estar perguntando. Se os prefeitos e vereadores eleitos pelo povo, colocarem realmente a cabeça à serviço de suas comunidades, com certeza descobrirão novos caminhos ecológica e socialmente corretos.
    Consuma produtos de sua região e... Boas escolhas!

    -------------------------------

    segunda-feira, março 22, 2010

    Via Verde: A Flor do Pequi

    Foto de Jane Carneiro

    Há muito quero escrever sobre o pequi, esse fruto do Cerrado. Até já fui cobrada por isso! Mas como ainda não consegui tirar algumas fotos do pequizeiro, vou sempre adiando, adiando... Como todos os anos fazemos aqui em casa arroz com pequi - em dezembro, já tirei algumas fotos, mas quero mostrar tudo - a árvore com suas flores e frutos...

    Passeando pelo blog Caliandra do Cerrado, lá estava o pequizeiro com suas belas flores. E mais: a dona do espaço, ElmaCarneiro, promete, como sequencia, um post sobre o amado ou odiado pequi - o fruto! Quem já comeu um bem feito 'arroz com pequi', sabe que é difícil não amá-lo. Deixei um comentário sobre as fotos das flores que ilustram o post e, como resposta, a gentil Elma me cedeu para publicação esta aí de cima, feita por sua irmã Jane Carneiro. Linda flor, não é mesmo?

    Ainda não sei quando vou ter o prazer de ficar frente a frente com um pequizeiro florido. Talvez na próxima florada, quem sabe! Ele floresce a partir de agosto.

    Minha sugestão: Vejam o lindíssimo e de muito bom gosto caliandradocerrado. Vocês ficarão encantados, com certeza.

    Uma ótima semana!

    ------------

    Sobre "Nosso Planeta Precisa de Você"

    Os comentários recebidos para o post de segunda-feira passada são animadores. Vejam o que dizem os amigos da Terra que descruzam os braços:

    Mariana, do blog  Compartilhar e Aprender: "Luísa, há décadas há o Alerta sobre o planeta, mas parece que o bicho homem não acredita muito.
    Espero que não chegue o dia que seja tarde demais."

    Aprendizes do Beija-Flor: "Ser Beija-flor é ser um eterno aprediz, nós aqui tentamos e estamos fazendo a nossa parte, estamos tentando apagar o grande incêndio que está acontecendo no planeta Terra.
    MClara"

    Altair Ramos (Almirante Águia) do blog  ALTAIR BLOG a Casa e Nossa:  "Antes de tudo saiba que tenho saudades desta interação, tenho andado muito ocupado trabalhando nem tão distante da cidade, mas em um local com dificuldades de transporte e comunicação, mas é temporário, além do mais resolvi estudar um pouco para concursos, então sobra pouco tempo até mesmo para a família, mas vou driblando aqui e ali, fazendo o tempo necessário para os amigos.

    Quanto aos questionamento que fazes em teu post, tenho pensando muito nisto tudo, finjo que aceito as coisas, quando os especialistas falam em equinócio ou que os fatos não têm relação alguma com as alterações climáticas, mesmo quando estas alterações são de fato "os fatos".

    A grande verdade é que não conseguimos reciclar, evitar as sacolas pláticas, juntamos baterias sem ter aonde destiná-las, as lâminas de barbear utilizadas pelos barbeiros e cabeleleiros seguem o mesmo destino, ou seja, tudo o que é sobra e resto, continua sem destinação adequada, os esgotos continuam a cair nos rios, as pessoas continuam a consumir corantes e essências que favorecem tanto ao detergente quanto ao refrigerante ou aquele suquinho em pó, além das guloseimas infantis, a leschimaniose ainda enfraquece os trabalhadores, meningite e doenças renais parecem estar entrando cada vez mais na moda.

    Diante de tudo isso, não chego a conclusão positiva alguma, a não ser que precisamos mesmo arregaçar as mangas e partir para a ação, a sugestão é trabalhar com as pessoas pegando nas mãos, passar para a frente o pouquinho que sabemos, ensiná-las a exercer a preservação, trocar informações insistentemente.

    Sei que podemos fazer mais, digo isto porque sinto as palavras e o desejo de agir, fluindo aqui, dentro de mim. Precisamos então limar nossa casca grossa e entrar em campo.

    Abração
    Altair Ramos"

    Elma Carneiro do blog caliandradocerrado:  "Bom dia Luisa
    Lindo seu espaço, natureza pura e mais lindo ainda quando você diz que nosso mundo é verde e azul.
    Grata pela visita. Seu irmão é daqueles que ama o pequi, talvez por te-lo comido bem feito.
    Sugiro a vc que faça uma postagem para ele com a flor do pequi que vou oferecer-lhe agora, são os botões com algumas flores se abrindo. É uma foto de minha irmã Jane Carneiro e aqui está a foto. Pode publicá-la. Veja AQUI
    Beijooo"

    Graça Filadelfo do blog Bahia Aqui e Ali :  "Refletir sobre este tema é sempre importante. No cotidiano a gente não tem noção das agressões ao meio ambiente, a não ser quando a natureza reage. Infelizmente muitas pessoas morrem por conta das tragédias que, em várias situações, poderiam ser evitadas."

    Graça Pereira do blog Zambeziana :  "O planeta queixa-se todo envolto em ligaduras e adesivos... Os seua amigos (como tu) alertam...poucos ouvem... e os outros ??? O que fazem?
    Primeiro e grande passo: CONSCENCIALIZAR toda a gente, com intervenção dos Governos e penalizações para quem não cumprir!
    Quando o problema se torna grave... as medidas têm de ser drásticas também.
    Parabens pelo teu espaço, onde se repira bem.
    beijo
    Graça"

    Angélica Tulhol do blog  Anda AMBiente : "Luísa, o lixo pós consumo é o tópico que mais me ocupa, acompanhado do consumo consciente. Acho que todos deveriam envolver-se na implementação da coleta seletiva em seus condomínios/bairros/cidades.Também me motiva a educação ambiental ensinada e aprendida através da música, do desenho, da representação que brota dentro de cada criança.Pratico e incentivo a coleta seletiva há mais de dez anos e agora estou partindo para focalizar um método alegre para falar do lixo pós consumo e do meio ambiente em geral.
    Sucesso, seu blog é um "estouro"!!
    Beijos,
    Angélica( sou sua seguidora no Twitter!)"

    Queremos também sua opinião e suas sugestões! Veja o post e seus comentários em: Via Verde 73: Nosso Planeta Precisa de Você!

    ---------------------------