segunda-feira, agosto 01, 2011

Via Versos: Quando o Vento me Levou

O sopro de uma brisa passou
Balançando, balançando me levou
Teus braços me abraçaram
Em um embalo me ninaram

Quando o vento me levou
O teu corpo me abrigou
Como a melodia do acalanto
De um ninar em canto 

Quando o vento me levou...

---------------

Vimos durante alguns dias essa pena de pássaro em nossa mussaenda-vermelha. Com ela veio a inspiração para esse pequeno poema, sem nenhuma pretensão literária. Ele poderia figurar na Via Natureza ou na Via Vida.  É a vida na natureza; é a vida também imitando a natureza.

-------------------------------

4 comentários:

Luísa Nogueira disse...

Amigos, quero me desculpar por não estar indo visitá-los. Estou em uma fase complicada, reorganizando casa, afazeres e vida.

A Série Orquídeas está a caminho, não como gostaríamos, mas bem devagar. Já tenho as fotos, mas preciso de um tempo para pesquisar um pouquinho... Preciso de um milagre: Um dia de 48 horas!

Unknown disse...

Tem selinho pra vc no meu Blog (:

Beijoos!!

http://pathyoliver.blogspot.com/2011/08/600-seguidores.html

Cores do caminho disse...

Oi Luisa, mesmo sem pretençao, ficou muito lindo seu poema. Tambem fico a observar as coisas da natureza e as vezes sai algua coisinha...
Bjs e linda semana

Luísa Nogueira disse...

Realmente, Alice, foi sem nenhuma pretensão.

Obrigada por nos visitar e pelos carinhosos comentários!