Páginas

segunda-feira, março 01, 2021

Máscaras salvam



Vou continuar de quarentena e de máscara. A pandemia do coronavírus não acabou e as máscaras salvam. 

Por quê tanta gente sem máscara? Em filas, sem distanciamento, juntos como se estivessem em uma festa, com abraços e beijos. E ainda com críticas a quem respeita as medidas de proteção? 

Não falo somente das pessoas nas ruas, o noticiário mostra em todos os lugares a desobediência às orientações de segurança. A desculpa “eu não sabia que estava com covid” virou bordão daqueles que  não pensam no bem estar do outro, seja amigo ou familiar, quanto mais pelos desconhecidos que por eles passam. 

Uso máscara porque te respeito. Fico distante porque te respeito. Quando uso máscara estou pensando não apenas em mim. Penso em quem poderia se contaminar se hoje eu tivesse tido contato com alguém com o vírus.

Faço minha parte, sigo as recomendações dos profissionais de saúde. Eles sabem como é difícil e angustiante ver todos os dias pacientes com dificuldade respiratória. Eles veem a dor dos familiares por não poderem visitar pai, mãe ou irmãos. Eles sabem do que falam quando pedem para que seja evitado o contato físico nas ruas, para se evitar ir às casas de amigos ou mesmo de parentes. Ou para se recusar reuniões e festas. 

Máscaras salvam. Vamos continuar com elas até que todos estejam vacinados?

A máscara protege o outro e protege quem a usa. Usamos hoje para que amanhã estejamos vivos e felizes ao lado de quem amamos.

------------


Acompanhe este blog e nossas redes sociais.


Instagram: @luisanogueiraautora

Para acessar minha página no Instagram, aponte a câmera de seu celular para a tag de nome abaixo:



















Facebook: Luísa Nogueira 


Pinterest: Luísa Nogueira 


#naturezaemfotosluisan 


-----------


Este blog foi criado com vias direcionadas ao meio ambiente (natureza, sustentabilidade, vida) e desde sua criação citamos e falamos sobre livros. Confira e navegue entre os posts das principais vias:



--------

 

Confira também a página Livros de Luísa Nogueira

——-