Mostrando postagens com marcador Acalanto de Luísa Nogueira. Mostrar todas as postagens
Mostrando postagens com marcador Acalanto de Luísa Nogueira. Mostrar todas as postagens

terça-feira, dezembro 01, 2020

Acalanto: Sou pássaro e poesia Sou canto e acalanto

 



Acalanto: Sou pássaro e poesia Sou canto e acalanto

Sinopse

Este livro fala através de uma poesia simples. Ele te pega no colo, embala, acalenta e te incentiva a andar sem te impor limites. Ao mesmo tempo mostra “lá fora”, lembrando que “o tempo é conhecimento”. Logo depois ele descortina pedacinhos de paraísos naturais à tua volta. Caminhe por suas páginas e descubra muito mais.
A autora, Luísa Nogueira, formada em Letras e Linguística, dividiu os poemas de Acalanto em cinco capítulos: Cantos do Acalanto, Embalando com Acalantos, Acalantos no Tempo, Acalantos da Natureza e Cores do Acalanto. Como complemento ela presenteia o leitor com textos sobre modos de vida mais equilibrados e sustentáveis, no apêndice Meio Ambiente. São trechos que te farão ver uma terra de sonhos, porém dentro de um mundo real. Bem-vindo(a) à vida!

Ficha Técnica
Título: Acalanto: Sou pássaro e poesia Sou canto e acalanto
Autora: Luísa Nogueira
1- Capa comum:137 páginas
Data da publicação: 12 de novembro de 2018
ISBN-10: 1729265685
ISBH-13: 978-1729265680
Páginas: 137
Dimensões: 15.24 x 0.89 x 22.86 cm
Peso: 256 g
Preço: R$ 36,41
2- E-book
Tamanho do arquivo: 5809 KB
Data da publicação: 13 de novembro de 2020
ASIN: BO8NGS67QC
Número de páginas: 134 páginas
Idioma: Português
Leitura de texto: Habilitado
Leitor de tela: Compatível
Configuração de fonte: Habilitado
Preço: R$ 16,44




segunda-feira, novembro 30, 2020

Campanha Livro Nacional

 



Campanha_Livro_Nacional
Começa amanhã, dia 1° de dezembro, a #semanadocomprelivronacional.
Foi idealizada por quatro jovens escritores: @f.erreiraautor, @jess.galiano, @escritorajulietevasconcelos, @cibelelaurentino.
É uma semana de incentivo à compra de livros de escritores brasileiros. Precisamos ler, alguém ainda duvida? Ler escritores franceses, americanos ou de outros países? Sim, claro que devemos ler livros de autores estrangeiros. Mas devemos valorizar também nossos escritores.
Em uma pesquisa feita para a escolha do patrono da Semana do Livro Nacional, foram citados vários escritores, como Machado de Assis, Ariano Suassuna, Manoel de Barros, João Cabral de Melo Neto, Carlos Drummond de Andrade, João Ubaldo Ribeiro, Paulo Coelho, Rachel de Queiroz, Clarice Lispector, Augusto dos Anjos, Guimarães Rosa, Jorge Amado, Érico Veríssimo, Carolina de Jesus, Lygia Fagundes Telles, entre outros grandes de nossa literatura. Vamos ler seus livros?
Amo todos eles, tenho livros de quase todos os citados, porém eu quis votar em uma mulher que lutou para ser escritora em uma época em que as mulheres nem podiam frequentar escolas. Citei Maria Firmina dos Reis, a primeira mulher brasileira romancista. Além de escrever sobre as mulheres de seu tempo, entre outros temas, ela ajudou a criar a primeira escola mista do Brasil. Isso, gente, no século XIX. Ou seja, além de lutadora, corajosa.
Todo escritor merece ser lido, seja de que gênero for. Você gosta de romances de aventura? Leia. Gosta de poesias? Leia poesia. Romances da literatura fantástica? Leia. Há livros para todos, de todos os gêneros, escritos por profissionais ou por autores amadores, pessoas com vários diplomas ou sem nenhum. Mas, entre todos os escritores há uma semelhança: escritor que é escritor gosta de ler. Quando não podem comprar livros, saem em busca de leitura onde for. Quem não se lembra da história da escritora Carolina Maria de Jesus? Ela queria ler mas não podia comprar livros. O que fazia? Catava no lixo jornais, livros velhos, folhas de livros... e aproveitava para levar para casa cadernos... sim, ela escrevia em folhas catadas nos lixões. Acompanhei sua história quando já fazia minha faculdade. Ficava então pensando: Que força a dessa mulher! Como consegue superar tantas adversidades? Escritor é assim, escrever é uma parte de sua vida.
Vamos ler? Ler muito?
Que neste final de ano nossos presentes sejam o que há de melhor: livros. Para nossos amigos secretos, para nossa família e amigos em geral. Quem ama, cuida. E quem cuida dá de presente algo que traz alegria, diversão e conhecimento. Livro é, sem nenhuma dúvida, o melhor presente.

Participo com o livro Acalanto: Sou pássaro e poesia Sou canto e acalanto e com o lançamento em breve de um livro sobre a pandemia no Brasil. Veja mais na guia Livros de Luísa Nogueira, logo abaixo do título deste blog.

@jacqueline.baptista.oficial @wagnerazevedope @t.s.dantas @adrianamanduco @cintiahenriquesautora @gabrielaedel.escritora @naturezaemfotosluisan
————-
Adquira Acalanto pelo link:


----------