Mostrando postagens com marcador Filmes. Mostrar todas as postagens
Mostrando postagens com marcador Filmes. Mostrar todas as postagens

domingo, dezembro 05, 2021

La Belle de Jour


Minha filha com o som do celular ligado e de repente ouço La Belle de Jour, de Alceu Valença. Uma lembrança puxa outra e nas ondas da moça bonita de Valença, que "no azul viajava", viajei no tempo. Eu, em um cinema de Paris, vendo o filme estrelado por Catherine Deneuve. A bela infeliz, em um casamento sem as emoções desejadas por ela, saía toda tarde à procura de aventuras em um bordel, até que… Para saber mais, clique aqui: Dracena fragrans, a bela da tarde.

Na mesma postagem você encontra o link da canção de Alceu Valença e uma prosa poética.

Imagens: Dracena fragrans, fotos que fiz para o post citado.

 


Confira alguns poemas de Luísa Nogueira através da tag Via Versos ou na página Via Fotos e Poesia.


Veja neste blog posts sobre livros na Via Livros.



------------


Acompanhe este blog e nossas redes sociais.


Instagram: @luisanogueiraautora

Para acessar minha página no Instagram, aponte a câmera de seu celular para a tag de nome abaixo:

















Facebook: Luísa Nogueira 


Pinterest: Luísa Nogueira 


#naturezaemfotosluisan 


-----------


Este blog foi criado com vias direcionadas ao meio ambiente (natureza, sustentabilidade, vida) e desde sua criação citamos e falamos sobre livros. Confira e navegue entre os posts das principais vias:


 

——-

Confira também a página Livros de Luísa Nogueira


——-

quarta-feira, agosto 26, 2009

Via Natureza: A Borboleta Azul - 2



Trabalhamos durante este mês com o tema azul. Foram três flores e um pássaro azuis; hoje trazemos uma borboleta. É uma reedição do dia 23 de setembro de 2008. Dois motivos nos levaram a reeditar esse post: Primeiro, a cor da borboleta. Segundo, o período de estiagem do ano passado. Vejam, nele falamos sobre a grama seca pela falta de chuva. Estávamos no final de setembro. Este ano, Graças a Deus, as chuvas apareceram mais cedo. Hoje está chovendo. O cerrado é assim nesses meses de seca. Todos esperam a chuva a partir do início de agosto, mas é raro isso acontecer. Nos últimos anos ele só dá as caras em setembro. E depois do dia 20.

Confiram o que escrevi em 2008:
...
Recentemente temos visto bons filmes nos canais de televisão. A Borboleta Azul é um deles. É baseado em um fato da vida real. Conta a história de uma criança com câncer, sem esperança de sobrevivência. Ele - é um menino - sonhou com uma borboleta azul e queria porque queria ver uma. Um amigo, professor de botânica, levou-o a uma floresta tropical para procurarem a rara borboleta.
Depois de muitas aventuras correndo atrás de borboletas, o menino consegue realizar seu sonho. Diz o filme que o menino ficou curado, com exames que comprovaram isso. É a fé colocada em prática. No caso, a fé na cura, mesmo tendo como agente motivador uma simples, porém linda, borboletinha.
Terminado o filme, todos que o viram comigo, entre eles duas jovens, não se cansaram de elogiá-lo. E tinham visto 'sem pestanejar', não perdendo um só minuto.
Conclusão: Não é preciso tiros, lutas, explosões, mortes ou efeitos especiais distorcendo a imagem, para que um filme conquiste o público. Nota dez para a história, nota dez para a fotografia e dez multiplicado por dez para o retorno aos bons filmes.














Nota: Estas três fotos (na verdade duas, porque a primeira foto é a mesma da última) foram tiradas no último dia 14, dois dias depois do filme. É uma linda e minúscula borboleta azul achada por minha filha, na grama seca de nosso jardim. (A grama está seca pela falta de chuva.)"

----------

Notas: 1- Por que agosto tem que ser visto sempre como 'um mês ruim'? Escolhemos a cor azul para este mês justamente para tentar mudar essa visão distorcida e preconceituosa. 2- No post Onde estão as chuvas de agosto? falamos sobre o período de estiagem cada vez mais prolongado. O ano passado, como prova nosso post de setembro, foi terrível! Para nossa sorte este ano foi bem melhor. Sexta-feira, dia 21, caiu a primeira chuva aqui em Brasília. Viva o sol, mas também, viva a chuva.

------------------------

terça-feira, setembro 23, 2008

Via Natureza: A Borboleta Azul - Filme e Borboleta



Recentemente temos visto bons filmes nos canais de televisão. A Borboleta Azul é um deles. É baseado em um fato da vida real. Conta a história de uma criança com câncer, sem esperança de sobrevivência. Ele - é um menino - sonhou com uma borboleta azul e queria porque queria ver uma. Um professor de botânica, amigo seu, levou-o a uma floresta tropical para procurarem a rara borboleta.
Depois de muitas aventuras correndo atrás de borboletas, o menino consegue realizar seu sonho. Diz o filme que o menino ficou curado, com exames que comprovaram isso.
É a fé colocada em prática. No caso, a fé na cura, mesmo tendo como agente motivador uma simples, porém linda, borboletinha.
Terminado o filme, todos que o viram comigo, entre eles duas jovens, não se cansaram de elogiá-lo! E tinham visto "sem pestanejar", não perdendo um só minuto.
Conclusão: Não é preciso tiros, lutas, explosões, mortes ou efeitos especiais que distorcem a imagem, para que um filme conquiste o público. Nota dez para a história, nota dez para a fotografia e dez multiplicado por dez para o retorno aos bons filmes.




Nota: Estas três fotos (na verdade duas, porque a primeira foto é a mesma da última) foram tiradas no último dia 14, dois dias depois do filme. É de uma linda e minúscula borboleta azul achada por minha filha na grama seca de nosso jardim. (A grama está seca pela falta de chuva.)
------------------------
------------------------