segunda-feira, março 15, 2010

Via Natureza: Nosso Planeta Precisa de Você!



Nosso planeta há muito dá sinais de cansaço, desânimo, tristeza! Ele nos dizia: Estou doente! Façam algo por mim!  Nossos olhos permaneciam cegos e nossos ouvidos surdos. Agora ele está se enfurecendo. Cansou de pedir ajuda! Através da televisão, dos jornais e da internet, vimos 2010 começar com sangue e mortes. Foram várias tragédias quase simultâneas. No Brasil e em vários outros países a terra gritou. E continua gritando. São terremotos, maremotos e deslizamentos de terra cada vez mais intensos e gigantescos.  Como parar sua fúria antes que ele se destrua?

Ouvimos muito falar em 'fazer nossa parte', não é? Mas, o que estamos mesmo fazendo de concreto? Lendo, nos informando... Só isso basta? A fúria que estamos vendo diz que não! Esperar políticas mais engajadas? Quando elas virão? Depois que tudo estiver perdido?

Somos todos responsáveis pela saúde de nosso planeta. Vamos nos unir e nos dar as mãos para tentar amenizar sua dor? Que tal fazermos algo mais, conscientizando aqui e ali, tentando dar um destino menos poluente aos lixões, fazendo valer as leis já existentes para pessoas e empresas, fiscalizando, incentivando e empurrando os políticos para agirem com uma maior consciência em prol da vida? Antes que seja tarde, vamos agir? Como? Sua opinião e suas sugestões serão bem-vindas, porque a Terra pede e quer sua ajuda. Ela precisa de você!

Uma semana de reflexão! Aguardamos você, para que, juntos, possamos abraçar nosso belo planeta ainda azul e verde!

---------------------------

9 comentários:

Angélica Tulhol disse...

Luísa, tem selo de blog especial para você lá no Anda Ambiente!
Beijos!
Angela Angélica

Mariana disse...

Luísa, há décadas há o Alerta sobre o planeta, mas parece que o bicho homem não acredita muito.
Espero que não chegue o dia que seja tarde demais.

Professoras da Biblioteca: AClaudia, Carla, MClara. disse...

Oi Luisa.
Ser Beija-flor é ser um eterno aprediz, nós aqui tentamos e estamos fazendo a nossa parte, estamos tentando apagar o grande incêndio que está acontecendo no planeta Terra.
MClara

Almirante Águia disse...

Luisa,
Antes de tudo saiba que tenho saudades desta interação, tenho andado muito ocupado trabalhando nem tão distante da cidade, mas em um local com dificuldades de transporte e comunicação, mas é temporário, além do mais resolvi estudar um pouco para concursos, então sobra pouco tempo até mesmo para a família, mas vou driblando aqui e ali, fazendo o tempo necessário para os amigos.

Quanto aos questionamento que fazes em teu post, tenho pensando muito nisto tudo, finjo que aceito as coisas, quando os especialistas falam em equinócio ou que os fatos não têm relação alguma com as alterações climáticas, mesmo quando estas alterações são de fato "os fatos".

A grande verdade é que não conseguimos reciclar, evitar as sacolas pláticas, juntamos baterias sem ter aonde destiná-las, as lâminas de barbear utilizadas pelos barbeiros e cabeleleiros seguem o mesmo destino, ou seja, tudo o que é sobra e resto, continua sem destinação adequada, os esgotos continuam a cair nos rios, as pessoas continuam a consumir corantes e essências que favorecem tanto ao detergente quanto ao refrigerante ou aquele suquinho em pó, além das guloseimas infantis, a leschimaniose ainda enfraquece os trabalhadores, meningite e doenças renais parecem estar entrando cada vez mais na moda.

Diante de tudo isso, não chego a conclusão positiva alguma, a não ser que precisamos mesmo arregaçar as mangas e partir para a ação, a sugestão é trabalhar com as pessoas pegando nas mãos, passar para a frente o pouquinho que sabemos, ensiná-las a exercer a preservação, trocar informações insistentemente.

Sei que podemos fazer mais, digo isto porque sinto as palavras e o desejo de agir, fluindo aqui, dentro de mim. Precisamos então limar nossa casca grossa e entrar em campo.

Abração
Altair Ramos

Elma Carneiro disse...

Bom dia Luisa
Lindo seu espaço, natureza pura e mais lindo ainda quando você diz que nosso mundo é verde e azul.
Grata pela visita. Seu irmão é daqueles que ama o pequi, talvez por te-lo comido bem feito.
Sugiro a vc que faça uma postagem para ele com a flor do pequi que vou oferecer-lhe agora, são os botões com algumas flores se abrindo. É uma foto de minha irmã Jane Carneiro e aqui está a foto. Pode publicá-la. Veja AQUI
Beijooo

Graça Filadelfo disse...

Luísa,

Refletir sobre este tema é sempre importante. No cotidiano a gente não tem noção das agressões ao meio ambiente, a não ser quando a natureza reage. Infelizmente muitas pessoas morrem por conta das tragédias que, em várias situações, poderiam ser evitadas.

Graça Pereira disse...

Luisa
O planeta queixa-se todo envolto em ligaduras e adesivos... Os seua amigos (como tu) alertam...poucos ouvem... e os outros ??? O que fazem?
Primeiro e grande passo: CONSCENCIALIZAR toda a gente, com intervenção dos Governos e penalizações para quem não cumprir!
Quando o problema se torna grave... as medidas têm de ser drásticas também.
Parabens pelo teu espaço, onde se repira bem.
beijo
Graça

Tatiane R. disse...

Ola querida...encontrei todos os detalhes escondidos nas fotos! Sou um gênio...risos
Amei mesmo as fotos das orquideas. São suas?
beijos
ana laura

Angélica Tulhol disse...

Luísa, o lixo pós consumo é o tópico que mais me ocupa, acompanhado do consumo consciente. Acho que todos deveriam envolver-se na implementação da coleta seletiva em seus condomínios/bairros/cidades.Também me motiva a educação ambiental ensinada e aprendida através da música, do desenho, da representação que brota dentro de cada criança.Pratico e incentivo a coleta seletiva há mais de dez anos e agora estou partindo para focalizar um método alegre para falar do lixo pós consumo e do meio ambiente em geral.
Sucesso, seu blog é um "estouro"!!
Beijos,
Angélica( sou sua seguidora no Twitter!)