segunda-feira, abril 26, 2010

Via Verde: Noni


Noni. Não conhecia, nunca tinha visto. Indo à Goiânia, fui apresentada para a tal plantinha. Minha cunhada ganhou uma muda e plantou na calçada de sua casa. Não sei sua altura em seu habitat natural. Essa das fotos que fizemos tem mais ou menos um metro e meio. Parece que agora virou febre, servindo pra tudo. De uma simples dor de cabeça até câncer. A Internet está cheia de bons intensionados falando sobre os efeitos da noni, uma planta que cura mais de cem doenças e não tem efeitos secundários, dizem. Como sempre desconfio desses milagres, pesquisei além dos interesses comerciais e descobri que há, sim, efeitos colaterais. Leiam a matéria que encontrei: 






Noni, nono, all. (Morinda citrifolia). Família das rubiáceas. Arbusto originário do Sudoeste da Ásia, bastante difundido no Taiti. Segundo o site mercadolivre a fruta noni e as várias partes da árvore servem para muitas doenças e seu uso varia de acordo com o país:
"Na China, Japão e Tahiti, várias partes da árvore (folhas, flores, frutos e tronco) servem para tratamento da febre, tratamento dos olhos e problemas da pele, gengivite, constipação, dores de estômago, ou dificuldades respiratórias. Na Malásia, acredita-se que as flores aquecidas desta planta aplicadas no peito, curam a tosse, náusea e cólicas. Nas Filipinas, é extraído o sumo das folhas como tratamento para a artrite.
O tronco desta árvore produz uma cera castanho-púrpura, chamada de cera-batik, aplicada em pintura sobre tecido, normalmente seda (pintura sobre seda). Conhecida por ser produzida com esta finalidade na ilha de Java, na Indonésia.
No Havai é extraída uma tintura amarelada da raiz para tingir tecidos. No Suriname assim como em outros países, a árvore serve como pára-vento, suporte para videiras, e também árvores de sombra para arbustos de café. A fruta é também usada como "champô" (shampoo, no Brasil) na Malásia, onde se acredita que ajuda no combate aos piolhos." In: http://guia.mercadolivre.com.br/ .

--------------


Informações do site http://medplan.com.br/docs/noni.pdf :

"NONI, fruta milagrosa? Verdades e mitos.

Com o nome científico de Morinda citrofilia, o noni é uma pequena árvore de
origem asiática cujo uso no mundo é bastante difundido. Ele é mais popular nos Estados
Unidos e em alguns países da Europa, sendo seu consumo no Brasil ainda recente. O fruto é
verde, parecido com a fruta do conde, aparecendo geralmente apenas em forma de suco
engarrafado. Existe um grande interesse na sua utilização na medicina popular devido às
“supostas propriedades farmacológicas” que possui; chega-se a afirmar que alcance mais de
120 problemas de saúde que podem ser tratados, e até curados, com a planta e seus extratos.
Assim, considerando-se toda essa curiosidade a cerca do noni, estamos à frente de um mito
ou uma verdade?
De fato, há muitos trabalhos científicos em execução com o objetivo de avaliar se o
noni realmente tem propriedades medicinais, como atividades antibiótica, antiinflamatória,
analgésica, e, até mesmo, inibidora do câncer. O seu mecanismo de ação ainda é
desconhecido, com alguns estudos em fase inicial (in vitro e em animais) sugerindo
atividade antioxidante, anti-angiogênica e anti-tumoral, o que se deve a seus componentes,
em especial às antraquinonas.
Em contrapartida, há relatos de algumas reações adversas associadas ao seu
consumo. O suco de noni pode ocasionar elevação das enzimas hepáticas (lactato
desidrogenase e transaminases), diminuir o trânsito gastrintestinal (interagindo com
medicações que são usadas por via oral), potencializar o efeito dos antiinflamatórios e
impedir o crescimento de novos vasos sanguíneos, devendo ser usado com cautela em
pacientes com lesões e no pós-operatório. Alguns produtos de noni contêm alto teor de
açúcar e de potássio, o que pode ser potencialmente prejudicial em diabéticos e doentes
com comprometimento da função renal. Além disso, por conta do seu efeito antioxidante, o
noni pode interagir com a radiação ionizante e os quimioterápicos, estando contra-indicado
em pacientes em quimioterapia ou radioterapia.
A ANVISA (Agência Nacional de Vigilância Sanitária) levanta dúvidas sobre a
finalidade e a segurança do produto. E cita ainda, diversos relatos de casos devidamente
publicados em revistas científicas indexadas sobre a associação do consumo do suco de
noni a casos de toxicidade hepática. Também, ainda é muito grande a falta de estudos
sistemáticos avaliando o suco de noni em humanos nos países onde o produto é
comercializado. Por conta disso, a ANVISA proibiu a comercialização de produtos
contendo noni no Brasil até que os requisitos legais que comprovem de sua segurança de
uso sejam atendidos.
Nessas condições, verifica-se que as publicações científicas a cerca do noni ainda
necessitam de uma avaliação mais precisa que ateste tanto a segurança quanto a eficácia
deste como medicamento natural. Tal avaliação de segurança/eficácia é de grande valia em
tratamentos para problemas de saúde complexos como o câncer. Dessa forma e, tendo em
vista também as suas possíveis propriedades antioxidantes, até o presente momento não é
aconselhável o uso do noni por pacientes em tratamento oncológico."
---------------------------

9 comentários:

Unknown disse...

Oi, Luisa N.
Felizmente consegui comentar seu Post. Amei! Vir aqui é como encontrar um oásis num deserto bem árido. Além da beleza da Natureza vc nos passa muitos conhecimentos. Muito obrigada!
Bjs!

Stephanie disse...

The form is strange but looks like the properties are beneficial. Good shots of the fruit Luisa :-D Thanks for the detailed information.

Elma Carneiro disse...

Bom dia Luisa N.
Não conheço essa planta tão interessante que me lembra um cacto a sua fruta, mas nem pode ser uma fruta pois ela dá flores. Gostei muito.
Grata pelo comentário e você pode fazer uso da postagem sobre o pé jambo da minha rua que morreu eu fiquei um pouco triste pois ficar debaixo dele olhando para cima com todas aquelas flores me fazia muito bem.
O tumblelog tem sido o meu xodó, com poucos dias de vida e gosto muiuto dele. Bom que tenha gostado também. Mas o Tumblr não dá suporte à comentários.
Obrigada e fique a vontade tá?
Beijooo

Dora Regina disse...

Luiza, como é bom passar por aqui e encontrar essas maravilhas de se ver.
A cada postagem uma novidade!
Um grande abraço! Bjsss
Obrigada por sua visita em meu blog sempre com gentis comentários.
Volte sempre viu?

Sandy (miss Potter) disse...

Che bel germoglio, non ho mai visto una pianta simile nelle mie zone.
Splendido verde in queste foto, regala energia!!!


Sandy

Nacir Sales disse...

Prezada Luíza,
Agradecemos à Multivias na edição que está no ar do Dr. Negociação Tv, pelo apoio ao Abaixo Assinado de Patinhas. O programa pode ser assistido pelos canais que o reproduzem e também pela web no:
http://www.adequacao.com.br/blog/
ou no
https://abraceolago.wordpress.com/
Obrigado,

Estela disse...

Adoro passar por aqui, tudo verdinho, com flores, frutos, aves... um brinde à Natureza.
Bjs.

carol disse...

LI MUITO HOJE, A TARDE TODA A RESPEITO DO NONI.
O QUE TEM PARA VENDER? A FRUTA? O FRUTO? SEMENTE PARA PLANTIO? MUDA?
ME INTERESSO, TENHO UMA ALERGIA GRAVE MAS QUE NENHUM MEDICO DESCOBRIU ATE HOJE, VEJO NESSA FRUTA A MINHA SALVACAO. SOU DE MINAS GERAIS. OBRIGADA.

peixotocarolzinha@yahoo.com.br

Luísa Nogueira disse...

Oi Carol,
Como disse em meu texto, não conheço essa fruta. Apenas fiz as fotos e depois, como você fez, pesquisei sobre a mesma. Está tudo aí. Não seria melhor consultar um médico sobre sua alergia?
Um abraço e boa sorte, amiga!