terça-feira, abril 27, 2021

Livro Balbúrdias na Quarentena é destaque na mídia

A entrevista ao vivo do dia 13/04 no Programa Ponto a Ponto (Rádio Som Maior, SC), será disponibilizada neste blog nos próximos dias. Veja o podcast através do site da Rádio. 

A mídia impressa e falada coloca, pouco a pouco, Balbúrdias na Quarentena em destaque. E com isso nossos artigos do blog ganham também mais visibilidade. O planeta agradece.

Logo que algumas entrevistas e podcasts estejam disponíveis, deixo aqui para nossas amigas e nossos amigos, certo?

Por enquanto é só agradecimento. Agradeço a Deus por nos permitir trabalhar com saúde e disposição, agradeço a boa repercussão de nosso livro junto aos leitores de todo o Brasil, agradeço às distribuidoras de Balbúrdias na Quarentena pelo excelente trabalho e agradeço aos jornalistas, aos sites, aos jornais e revistas que têm, carinhosamente, acolhido o Balbúrdias na Quarentena. 🙏🤗❤️
.
.
.
Balbúrdias na Quarentena pode ser encontrado em livrarias de todo o Brasil e em lojas de departamento. Devido a pandemia, veja através das lojas on-line das distribuidoras UmLivro e Uiclap. No Instagram @naturezaemfotosluisan link na bio. 

Leia a sinopse e adquira em:









.
#livrobomélivrolido #balbúrdiasnaquarentena #agradecimentoadeus #agradecimentosempre #agradecimento🙏 #luísanogueiraautora #naturezaemfotosluisan



 

segunda-feira, abril 26, 2021

O melhor presente para o Dia das Mães



Dia das Mães 


No Dia das Mães faça diferente. Dê para sua mãe algo que estimule sua memória e sua criatividade. Livro é o melhor presente. 


Livros são viagens de entretenimento, diversão e algo encontrado somente na leitura: a magia da sintonia com pessoas, culturas e lugares. Quem lê sempre aumenta seu conhecimento.


Quer mais motivos para transformar seu presente em uma lembrança especial? Adquira livros com assuntos de interesses de sua mãe. 


Uma dica: O livro Balbúrdias na Quarentena não é apenas um retrato da pandemia no Brasil. Ele é um livro de leitura participativa, ou seja, ele vai além da leitura. A autora convida o(a) leitor(a) a participar de sua experiência como observadora do mundo ao seu redor, com uma linguagem bem simples. 


Veja a sinopse do livro Balbúrdias na Quarentena em: 

Balbúrdias na Quarentena ⋆ Loja Uiclap


Ou em:


https://loja.umlivro.com.br/balburdias-na-quarentena-5560489/p


.

.

.

E aí, gostou da ideia? Marque nos comentários uma pessoa que também precisa saber qual é o melhor presente para o Dia das Mães. 

.

.

.

#diadasmães #livroéomelhorpresente

sexta-feira, abril 23, 2021

Dia Internacional do Livro




Dia Internacional do Livro - É preciso “ter paciência nas adversidades” (Miguel de Cervantes)

Hoje, 23 de abril, é o Dia Internacional do Livro, criado pela Unesco em 1995. O dia 23 de abril é em homenagem a dois grandes escritores, o espanhol Cervantes e o inglês Shakespeare. Ambos faleceram em abril de 1616.

Eu poderia falar que livros ensinam, educam e fazem de nós seres melhores, que incentivam a memória e a criatividade... Ou poderia citar títulos de alguns dos milhares de livros da literatura nacional e internacional de ontem e de hoje. 

Poderia também citar trechos de livros de escritores de séculos atrás porém vivos e sempre presentes através de suas criações literárias. 

Mas vou simplesmente dizer: livros são para todos e não é, nem nunca foi um objeto supérfluo. Querem taxar os livros para que mais e mais pessoas fiquem fora da leitura. Sem livros a população não terá acesso ao conhecimento ou à cultura de seu próprio país. Portanto, #taxarlivrosjamais
.
.
.
Vídeo: Livros de Cervantes e Shakespeare que me acompanham desde os meus tempos de faculdade, conforme mostra minha foto daquela época. 
.
.
.
#taxarlivrosnão #taxarlivroséimoral #livroslivres #livroslivrosemaislivros #luísanogueiraautora #naturezaemfotosluisan

 





Outras datas relacionadas ao livro:

29 de outubro: Dia Nacional do Livro 

18 de abril: Dia Nacional do Livro Infantil

—————

Miguel de Cervantes nasceu em 1547, em Alcalá de Henares, Espanha; faleceu em 1616, no dia 22 de abril, em Madrid, Espanha.

William Shakespeare nasceu em 1564 em Stratford-upon-Avon; faleceu em 1616, no dia 23 de abril, em Stratford-upon-Avon.

—————




 

quinta-feira, abril 22, 2021

Dia do Planeta Terra


Ilustração do alto (no balão): Parte da ilustração da capa do livro Balbúrdias na Quarentena, capa criada pelo artista plástico Sergio Ricciuto.

O sol nasce para todos, as plantas nascem sem rótulos e os rios, as fontes  e os mares oferecem água para quem por eles passam. Tendo por base essas verdades, o que nos afastou delas?


Somos mais de 7 bilhões de pessoas em situações às mais diversas. Gente como a gente, porém vivendo em extremos. 


Extremos de pobreza, onde a fome, a falta de saneamento básico e a falta de conhecimentos elementares matam. 


Os 17 Objetivos do Desenvolvimento Sustentável (ODS), aprovados por unanimidade durante a Cúpula das Nações Unidas de 2015, falam exatamente sobre as soluções que podem levar a um crescimento sadio, sem os extremos sociais e econômicos. 


O que disseram todas as nações naquele dia histórico, significa: 


Para haver a continuidade da vida na Terra, precisamos repensar nossos modos de vida, SEM POBREZA E SEM FOME. Sim, estes são os dois primeiros objetivos dos ODS: sem pobreza e sem fome. Ou seja, ou mudamos toda a estrutura até hoje formada, onde consumismo anda ao lado de degradação e poluição ambiental, ou todos sofrerão as consequências climáticas advindas do modo desorganizado, desumano e inconsequente do mundo contemporâneo. 


Sustentabilidade 


Os 17 ODS se baseiam no ser sustentável e no desenvolvimento sustentável. 


Em sua etimologia, sustentabilidade vem de sustentável que, por sua vez, vem de sustentar. 


Sustentar é equilibrar, estar em harmonia, ter estabilidade.

Já o desequilíbrio, segundo o dicionário Aurélio on-line (3) é: "deficit, desarmonia, instabilidade, desigualdade".


É preciso que todos os seres estejam em equilíbrio em relação uns aos outros.   


Como alcançar esse equilíbrio? Através de uma consciência ecológica. Refletir e agir sobre questões sustentáveis e sensibilizar as pessoas sobre a importância da conservação do planeta, são pontos primordiais. Para isto é necessário que todos tenham um patamar de vida saudável; que empresas priorizem parcerias, repensem modos de produção com menos gastos e mais pesquisas para uma poluição zero; que organismos públicos e privados trabalhem com igualdade de direitos e de deveres. 


Os 17 ODS 


Sei que será longo falar sobre cada um dos objetivos, mas no Dia da Terra é primordial difundir, ou pelo menos citar, os ODS, para que mais pessoas se sensibilizem sobre a importância da sustentabilidade, seja ela ambiental, social ou econômica.    


Os 17 Objetivos

 Objetivo 1 - Sem pobreza: "O crescimento econômico deve ser compartilhado para criar empregos sustentáveis e promover a igualdade."

Objetivo 2- Fome Zero: "O setor de alimentos e agricultura oferece soluções fundamentais para o desenvolvimento, e está no centro da erradicação da fome e da pobreza."

Objetivo 3- Boa saúde e bem-estar: "Capacitar as pessoas a viver uma vida saudável e promover o bem-estar de todas as idades é essencial para o desenvolvimento sustentável."

Objetivo 4- Educação de qualidade: "Obter uma educação de qualidade é a base para melhorar a vida das pessoas e o desenvolvimento sustentável."

Objetivo 5- Igualdade de gênero: "A igualdade de gênero não é apenas um direito fundamental, mas também uma base necessária para um mundo pacífico, próspero e sustentável."

Objetivo 6- Água limpa e saneamento: "Água limpa e acessível para todos é uma parte essencial do mundo em que queremos viver."

Objetivo 7- Energia limpa e acessível: "A energia sustentável é uma oportunidade para transformar vidas, economias e o planeta."

Objetivo 8- Trabalho decente e crescimento econômico: "Precisamos rever e reorganizar nossas políticas econômicas e sociais para eliminar completamente a pobreza."

Objetivo 9- Indústria, inovação e infraestrutura: "Investimentos em infraestrutura são fundamentais para alcançar o desenvolvimento sustentável."

Objetivo 10- Redução da desigualdade: "Redução da desigualdade nos países e de país para país."

Objetivo 11- Cidades e comunidades sustentáveis: "O futuro que queremos inclui cidades que oferecem oportunidades para todos."

Objetivo 12- Consumo e produção sustentáveis: "O consumo e a produção sustentáveis visam "fazer mais e melhor com menos"."

Objetivo 13- Medidas de mudanças climáticas: "A luta contra o aquecimento global tornou-se uma parte inseparável para alcançar o desenvolvimento sustentável."

Objetivo 14- Vida aquática: "A gestão prudente de nossos oceanos e mares é vital para um futuro sustentável."

Objetivo 15- Vida terrestre: "O desmatamento e a desertificação representam grandes desafios para o desenvolvimento sustentável."

Objetivo 16- Paz, justiça e instituições eficazes: "Promover sociedades pacíficas e inclusivas, acesso à justiça para todos e fortalecer instituições responsáveis e eficazes em todos os níveis."

Objetivo 17- Parcerias para atingir metas: "Parcerias inclusivas baseadas em princípios e valores, uma visão comum e objetivos comuns são necessários."

Falamos um pouco no livro Balbúrdias na Quarentena sobre alguns desses objetivos. Dois exemplos: ao falar em pesquisas desenvolvidas na engenharia, na arquitetura e no design de interiores, com o intuito de encontrar soluções sustentáveis para construções e ambientes residenciais e públicos, estamos focando sobre "Indústria, inovação e infraestrutura" (objetivo 9); quando falamos sobre tentativas de despoluição de rios e mares, recuperação de florestas e redução do lixo diário, os focos são "Vida aquática e Vida terrestre" (objetivos  14 e 15).  

--------

 O Dia do Planeta Terra é comemorado no dia 22 de abril. Feliz Dia da Terra! 

--------

quarta-feira, abril 21, 2021

3 Posts com fotos de Brasília do Blog Multivias

Hoje, 21 de abril de 2021, Brasília completa  61 anos. Ela sempre esteve presente neste blog. Confira algumas postagens. 




Ermida Dom Bosco:

https://www.luisanogueiraautora.com.br/2012/04/via-brasil-brasilia-e-ermida-dom-bosco.html?m=1

 A Ponte JK:

https://www.luisanogueiraautora.com.br/2008/02/ponte-jk-numa-linda-manh-de-domingo.html?m=0

Brasília em sete cliques:

https://www.luisanogueiraautora.com.br/2012/06/via-brasil-brasilia-em-sete-cliques-e.html?m=0

Veja também alguns posts de nosso Instagram:

https://www.instagram.com/p/BnBicprAmmV/?igshid=1155i3zg3uvfj



 Sobre a construção de Brasília:





Os Santos na entrada da Catedral: 


No post da foto acima, do Instagram, falamos: 

É Preciso Chuva Para Brotar

Lá em cima, o céu com cara de poucos amigos para turistas, anuncia uma chuva quase caindo. Embaixo, a grama seca entre o concreto do piso de entrada da Catedral, sorri. Sorri pensando que logo logo estará novamente bem viva, verdinha, verdinha.

Assim é Brasília. A natureza, aparentemente morta, precisa apenas da chuva para se fortalecer e brotar.

No Pátio de entrada, os corajosos São Mateus, São Marcos, São Lucas e São João parecem olhar com jeito indiferente, em suas estátuas, o corre corre das pessoas que passam por eles apenas para mais uma selfie. Será que lá de cima conseguem compreender essa cidade tão cheia de contrastes e contradições?

————

Nosso Instagram @naturezaemfotosluisan está cheio de fotos de Brasília, inclusive fotografias dos ipês que enfeitam tanto essa cidade linda que já foi chamada de “Capital da Esperança”. 

quinta-feira, abril 15, 2021

terça-feira, abril 06, 2021

Vídeo de livro em lançamento

 



Leitura com participação? O que é? É isso mesmo que você leu. No caso de Balbúrdias na Quarentena, é um livro com páginas abertas. Sim, Balbúrdias na Quarentena não é um livro comum. Ele tem, na segunda parte, páginas feitas para você participar, se quiser, à medida que lê. A partir dessas páginas você pode escrever um outro livro sobre sua quarentena. Escrever para registrar, em um livro ou diário, como foi a maior crise sanitária e humanitária de nossa época ou escrever para compartilhar com amigos e familiares. 

Tentei escrever de um modo leve para não aumentar ainda mais a tristeza da pandemia. Tentei também incentivar a participação de nossos leitores. 

Que Balbúrdias na Quarentena seja para você uma leitura participativa e um instrumento de conscientização sobre os rumos que queremos dar ao nosso país. 

Boa leitura!

Veja onde adquirir Balbúrdias na Quarentena: 

Pela UmLivro:


segunda-feira, abril 05, 2021

Feriadão

Viajando? Ou curtindo nosso lugarzinho? Dá no mesmo, se o objetivo é descansar corpo e mente da agitação diária. Com paz no coração nossa cabeça desacelera, nosso corpo relaxa, nosso pensamento se abre para a contemplação do belo e a calma da natureza toca a sensibilidade de nossa alma. Assim, o corriqueiro, aquilo que não vemos, não observamos no dia a dia, vem agora de encontro aos nossos olhos. De passantes das estradas, caminhantes. Caminhantes da vida, caminhantes na vida. 

Estou assim, curtindo cada segundo desses dias de calma, vendo que a vida segue no mesmo ritmo em qualquer lugar do mundo. 

Sabe quando corremos na areia sentindo as ondas do mar batendo em nossos pés? Pois é, percebi até, em uma caminhada, o carinho recebido por um gatinho dentro de um carrinho... de bebê. 

Paz, calma, tranquilidade... estado zen para nosso feriadão.

—————

Este texto não é deste ano. Respeito o isolamento social e nunca falaria em viagens em plena pandemia, principalmente durante este ano de 2021, em que o aumento de infectados e mortos pela Covid19 é assustador. Ele foi publicado em meu ig do Instagram @naturezaemfoyosluisan no feriadão de Páscoa de 2018, com um minivídeo de uma gatinha. As fotos de hoje são de gatos de uma quadra de Brasília e foram feitas em 2015. 

—————

#feriadao #pascoa #pascoa2018 #paz #pazinterior #pazdeespirito #pazeequilibrio #pazeamor #zen #cronicadeluisan #meusescritos #fotoscomhistoria #photohistory 

#gatinhos #caesegatos #cat #chat #viajando #naturezaepaz #naturezabela #naturezaemfotosluisan

sexta-feira, abril 02, 2021

Livro Letras Falam





Letras Falam é um livro de poesia. São poemas retratos de vidas e de sonhos.  

Letras Falam é de autoria de Luísa Nogueira, com capa de Sergio Ricciuto Conte, ilustrações internas de Nina Cordeiro e diagramação de April Kroes. 

Letras Falam fala com você com uma linguagem atual e simples.

Ler faz bem e sempre é o melhor em toda e qualquer situação. Livros trazem conhecimentos, lazer e cultura. 




Leia grátis em seu Kindle, ou adquira pelo  preço de um cafezinho. Dê um clique e tenha um livro ilustrado para alegrar olhos, mente e coração. 

Faça um pix e leia Letras Falam agora. Clique aqui





Letras Falam desnuda o  mundo à nossa volta e mostra que  a vida pode ser bem melhor: 




Viva melhor, leia mais. Clique e leia!

 













Leia grátis pelo Kindle ou adquira Letras Falam com um preço simbólico por aqui:


#lerfazbem
#incentivoàleitura