Mostrando postagens com marcador Planeta Terra. Mostrar todas as postagens
Mostrando postagens com marcador Planeta Terra. Mostrar todas as postagens

terça-feira, março 03, 2015

Natureza e Sociedade


Há muito nosso planeta pede que o olhemos com mais amor. De costas viradas, fazemos como se os seus problemas não fossem nossos. Sabemos, no entanto, que foram e são causados por nossas ações impensadas. Ações estas que invertem o duo racional/irracional, porque, na atual desordem ambiental, quais os seres que agem por ganância, destruindo a biodiversidade?  A poluição dos oceanos, principal responsável pela saúde de toda a terra, é um exemplo.

Encontros de países discutindo esse tema estão nas agendas internacionais; alertas de cientistas e ambientalistas são dados. Os chefes de estado, porém, pouco ou nada fazem. Podemos compreendê-los, não desculpá-los. Reagem de acordo com os interesses de fortes grupos empresariais, o que compromete não apenas o meio ambiente. O leque é bem mais abrangente, desde transportes coletivos, assistência sanitária-médica-educacional e todos os outros compromissos dos governos para com os cidadãos de seus países.

Sete bilhões de pessoas que aqui vivem já estão na linha limítrofe da capacidade populacional da terra. Este fato já seria suficiente para pararmos um pouco para pensar. Indo além, colocando na estatística os ‘outros seres’, constatamos que somos dezenas de bilhões respirando e retirando sua subsistência do solo em que vivem. Que uns aprendam com os outros, com humildade e amor. Só o amor vai nos trazer a mágica transformadora. Amor ao próximo, amor à natureza e amor a nós mesmos. O amor é altruísta, sabe abdicar, consegue deixar de lado os ismos – consumismo, egoísmo, fanatismo, partidarismo entre outros. Conciliar moradia com não desmatamento e olhar os que necessitam de um maior apoio, são duas das questões fundamentais para a sobrevivência da Terra; é também retribuir o amor que tão generosamente nos deu este planeta que nos acolhe.

 Amor inclui respeito e atenção. Com amor pode-se construir uma sociedade mais justa, desconstruindo princípios falhos. Com amor pode-se construir caráter, derrubando ganâncias. Só o amor poderá resgatar natureza e sociedade. Na prática, esse amor pode ser construído nas novas gerações através de disciplinas engajadas com os problemas sociais e ambientais; com exercícios práticos do cotidiano e com exemplos que levem crianças e adolescentes a comparações. Assim, a escola levará o educando a ser mais crítico, com um senso de cooperação mais desenvolvido e uma maior e mais humana visão de mundo.

.......

Fotos: Hortênsias.

.

segunda-feira, junho 25, 2012

Via Vida: Planeta Terra

Uma Nascente

Você sabia que o Planeta Terra...

  1. Tem mais ou menos 4,5 bilhões de anos?
  2. Há várias teorias para seu surgimento?
  3. Está a cerca de 150 milhões de quilômetros do Sol?
  4. Sua superfície é de 510,3 milhões de km²?
  5. Tem na composição de seu núcleo - a parte mais 'funda', interna - ferro e níquel, formando o núcleo sólido?
  6. A composição do núcleo líquido é a mesma do núcleo sólido, mas em estado líquido?
  7. É composto por 97% de água?
  8. Em seu subsolo há a metade do total de sua água doce?
  9. E que sua água doce é muitas vezes menor que a água salgada?

E também que...

segunda-feira, março 15, 2010

Via Natureza: Nosso Planeta Precisa de Você!



Nosso planeta há muito dá sinais de cansaço, desânimo, tristeza! Ele nos dizia: Estou doente! Façam algo por mim!  Nossos olhos permaneciam cegos e nossos ouvidos surdos. Agora ele está se enfurecendo. Cansou de pedir ajuda! Através da televisão, dos jornais e da internet, vimos 2010 começar com sangue e mortes. Foram várias tragédias quase simultâneas. No Brasil e em vários outros países a terra gritou. E continua gritando. São terremotos, maremotos e deslizamentos de terra cada vez mais intensos e gigantescos.  Como parar sua fúria antes que ele se destrua?

Ouvimos muito falar em 'fazer nossa parte', não é? Mas, o que estamos mesmo fazendo de concreto? Lendo, nos informando... Só isso basta? A fúria que estamos vendo diz que não! Esperar políticas mais engajadas? Quando elas virão? Depois que tudo estiver perdido?

Somos todos responsáveis pela saúde de nosso planeta. Vamos nos unir e nos dar as mãos para tentar amenizar sua dor? Que tal fazermos algo mais, conscientizando aqui e ali, tentando dar um destino menos poluente aos lixões, fazendo valer as leis já existentes para pessoas e empresas, fiscalizando, incentivando e empurrando os políticos para agirem com uma maior consciência em prol da vida? Antes que seja tarde, vamos agir? Como? Sua opinião e suas sugestões serão bem-vindas, porque a Terra pede e quer sua ajuda. Ela precisa de você!

Uma semana de reflexão! Aguardamos você, para que, juntos, possamos abraçar nosso belo planeta ainda azul e verde!

---------------------------

terça-feira, maio 13, 2008

Via Natureza: Torres e Antenas










A paisagem de nossas cidades e de nossas estradas está mudando. Ou melhor, mudou. Há torres por todos os lugares. No meio de uma bela paisagem, dessas de paraíso, com diversos tons de verde, o que aparece, surgindo do nada? Do nada? Não, não, surgido do dinheiro das vendas de milhões de celulares. As empresas se multiplicam na mesma proporção das aparelhinhos. Todo mundo tem um. Há até aqueles que fazem coleção. E o que dizer dos "chips"?

Como gostaria que os dados das pesquisas sobre aquecimento global fossem mais divulgados. E como as torres e as anteninhas dos celulares contribuem para isso.

Empresas e consumidores, vamos pensar mais na perpetuação da vida do planeta Terra? Se nosso planeta adoece, adoecemos juntos.

Não ao consumo exagerado. Não à poluição do meio ambiente. A vida em primeiro lugar. S.O.S. ao bom senso! A vida do planeta pede socorro. Help! Help!

--------------------------------------------------------